segunda-feira, 11 de Abril de 2016 10:03h Prefeitura de Divinópolis

Saúde abre espaço para população conhecer práticas de atividades físicas

Pelo menos cem pessoas estiveram na Praça da Catedral para receberem informações sobre a prática de atividades físicas para a promoção da saúde neste sábado (09/04)

A iniciativa foi realizada pela Diretoria de Atenção a Saúde da Secretaria Municipal de Saúde e contou com a participação de acadêmicos da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG).

A ação teve por objetivo incentivar as Práticas Integrativas e Complementares (PIC) para buscar o equilíbrio da mente e do corpo, valorizando o ser humano como um todo. Dessa forma, durante toda a manhã a população teve acesso práticas de alongamento, pilates, chi kung e até mesmo a zumba.
“Foi uma excelente oportunidade de repassar informações sobre estas atividades e sensibilizar as pessoas a praticá-las, visto que trazem benefícios para a saúde”, destaca fisioterapeuta da Semusa, Fernanda Francischetto do Amaral.

 

 



Todas as apresentações tiveram 30 minutos de duração a exceção ficou por conta do alongamento. Além da apresentação das PIC’s, foram montados na Praça da Catedral stands. Neles acadêmicos de ciências biológicas abordaram temas ligados a botânica, homeopatia e repelentes naturais. Além desses acadêmicos, participaram deste evento os estudantes de educação física e fisioterapia. Profissionais da Semusa também deram suporte a esta iniciativa.
Outros temas abordados e que também chamaram a atenção dos participantes foi o relativo ao sono e distúrbios do sono e o que tratou sobre a diabetes. A população recebeu informações e teve a oportunidade de tirar dúvidas relativas a estes assuntos.

 

 



Dia Mundial

A atividade realizada na Praça da Catedral marcou a passam do Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril, em Divinópolis. De acordo com a organização do evento, a intenção foi repassar métodos de condicionamento físico e mental para trabalhar o corpo e a mente como uma unidade, dessa forma essas ações são consideradas como atividades físicas e terapêutica, simultaneamente.

“Tivemos boa participação das pessoas que compareceram a este evento e achamos que foi super válida a sua realização. Uma vez que foi atingido o objetivo que foi proposto, ou seja, oportunizar as pessoas de conhecerem outros tipos de práticas de assistência a saúde”, conclui Fernanda.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.