sábado, 19 de Setembro de 2015 06:00h Atualizado em 19 de Setembro de 2015 às 06:08h. Pollyanna Martins

Secretário Estadual de Saúde confirma a liberação de R$ 10 milhões para a conclusão do Hospital Regional de Divinópolis

Fausto Pereira dos Santos fez ontem uma visita técnica ao hospital

O secretário Estadual de Saúde, Fausto Pereira dos Santos, realizou ontem uma visita técnica ao Hospital Regional de Divinópolis e confirmou a liberação de R$ 10 milhões para a conclusão das obras do local. A visita ocorreu na parte da parte, logo após a vinda do governador, Fernando Pimentel (PT), à cidade.
Segundo o secretário, além do envio do recurso, outro ponto que já está sendo discutido são os equipamentos do hospital. Fausto disse que a discussão está sendo feita entre o Estado, a Universidade Federal São João Del Rei - campus Dona Lindu (UFSJ) e a Prefeitura de Divinópolis. “Nós estamos na discussão de como equipar, e estamos na discussão com a Universidade Federal, com a Prefeitura e também de como fazer a gestão. Eu diria que todas as frentes do Hospital Regional estão sendo enfrentadas ao mesmo tempo. O nosso primeiro trato com o prefeito é a liberação de R$ 10 milhões e já tem uma discussão para um aditivo para o final da obra”, afirma.
A construção do hospital começou em 2010 e, em dezembro de 2014, a então gerente do Projeto de Implantação dos Hospitais Regionais do governo estadual, Flávia Etelvino, anunciou que o hospital seria entregue em julho deste ano, o que não ocorreu. Quando questionado sobre um prazo para a entrega do hospital, o secretário falou que, com a liberação do recurso, as obras devem acelerar e espera que em 2016 o hospital seja entregue. “A nossa expectativa é que com liberação dos recursos as obras possam seguir um ritmo de acordo, mas que em 2016 as obras sejam concluídas”, avalia.

 

GESTÃO
Durante a visita do governador Fernando Pimentel a Divinópolis, foi assinado um despacho que permite a gestão do Hospital Regional através da UFSJ e em parceria com a Prefeitura. Conforme Fausto, a UFSJ administra vários hospitais pelo país, o que faz do Hospital Regional um Hospital Universitário também. “Essa ideia de que quando o hospital for concluído, ele seja cedido para gestão da Universidade Federal que através da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, ligada ao MEC, faria a gestão. Então ele seria um Hospital Regional e também um Hospital Universitário, cumpriria uma função assistencial e educacional”, detalha.

 

PREFEITURA
O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, acompanhou o secretário na visita e disse estar otimista com a liberação do recurso de R$ 10 milhões, pois a conclusão da obra irá aliviar a Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (UPA 24H). “Não tenho dúvida que é mais do que importante a entrega deste hospital, é fundamental para a reestruturação da saúde no Centro-Oeste. A gente vê que o fluxo de engenharia está garantido pela empresa, estamos hoje com R$ 4 milhões medidos em obra, que a gente tem que dar agora o fluxo financeiro. Essa liberação de recurso é fundamental, para que a gente mantenha esse ritmo de obras, com a expectativa da entrega para o ano que vem”, explica.
O vice-prefeito, Rodrigo Resende, também esteve na visita e ressaltou que a obra está ligada à Usina de Projetos. “Essa obra eu fiscalizo e ajudo na construção dela. É uma obra muito bonita, muito grande, que vai atender a região Centro-Oeste, e o mais importante que nós temos uma macrorregião com 2 milhões de habitantes que vão usar desta estrutura. É importante o Estado e a União participarem desta obra.”

 

UFSJ
A reitora da UFSJ, Valéria Heloísa Kemp, esteve presente na visita e avaliou o apoio do município e do Estado à Universidade. “É muito importante que tenhamos estrutura para a formação dos nossos alunos, e nós fazemos isso hoje em várias cidades do Estado. Com essa possibilidade de estreitarmos essa relação com o município e com o Estado, só temos a ganhar. O município vai ganhar um hospital para o atendimento da população de forma mais adequada, mais abrangente, mas também a própria formação do profissional da saúde que está sendo feita pela Universidade Federal.”

 

AVALIAÇÃO
Após a visita, o secretário avaliou as instalações, e disse que ficou impressionado com as obras. “É uma concepção muito moderna, com vários elementos que tem de mais moderno na questão de estrutura hospitalar. Um hospital totalmente horizontal, e não se tem muitas obras hoje neste sentido. O hospital tem todas as perspectivas para cumprir um papel muito importante para a saúde da região”, analisa.
O secretário falou também sobre a aquisição de equipamentos para o hospital. De acordo com Fausto, o hospital já tem recursos que estão garantidos para a aquisição da aparelhagem. “A gente vai ter que agora junto com a Prefeitura, e agora com essa perspectiva de trabalhar junto com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, colocar isso no cronograma também, para assim que o hospital for concluído a gente poder equipar”, afirma.

Créditos: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.