sábado, 8 de Agosto de 2015 05:36h Atualizado em 8 de Agosto de 2015 às 05:38h. Mariana Gonçalves

Segunda-feira começa a troca de ingressos da FLID

A troca de ingressos para os eventos da Festa Literária de Divinópolis (FLID), que será realizada de 20 a 23 de agosto, na “Cidade Literária” do Complexo Usina Gravata, irá começar na próxima segunda-feira

Para garantir a entrada, os interessados devem levar até a Boutique do Livro, que fica na Avenida Antônio Olímpio de Morais, nº 487, um livro novo ou usado em bom estado de conservação. Os detalhes da programação com datas, horários e atrações estão disponíveis no www.flid.com.br
A exemplo da edição passada, quando foram arrecadados mais de 1.000 exemplares, todas as obras serão doadas para a Biblioteca Pública Municipal “Ataliba Lago”, espaço público que leva o nome do homenageado da FLID deste ano. Segundo o organizador da FLID e editor da Gulliver Editora, Joubert Amaral, não há um limite de ingressos por pessoa, mas um consenso por 2 entradas no máximo, o que permitirá um grande e variado público em todas as atrações da festa. “Nosso objetivo é incluir o máximo de pessoas dentro da festa e do seu universo literário. E neste ano, teremos uma programação amplamente recheada. Por isso, pedimos que as pessoas façam a troca dos livros pelos ingressos já nos primeiros dias, uma vez que, no ano passado, as entradas se esgotaram em um período muito rápido”, afirma.
Joubert falou ainda sobre os tipos de livros que podem ser trocados pelo ingresso. “Outro ponto importante é o tipo de livro a ser levado na troca. Preferencialmente, devem ser levadas obras de literatura e não exemplares didáticos ou obras datadas, como, por exemplo, Código Civil da década de 70. Relembrando que todas as atrações da FLID são gratuitas e acessíveis por meio da troca de livros”, destaca.


FIQUEM ATENTOS

Ainda segundo Joubert Amaral, ao término da troca de ingressos, é muito comum que, por imprevistos, algumas pessoas deixem de participar das atrações da FLID, mas essa pode ser a oportunidade para aqueles que não conseguiram adquirir os ingressos a tempo. “Os ingressos se esgotam rapidamente, mas essas vagas que vez ou outra ocorrem de surgir serão repassadas para quem estiver presente na FLID. Por isso, eu reitero o convite para que todos possam acompanhar a festa. Diversos autores, como Elisa Lucinda, por exemplo, estarão presentes na cidade para o espetáculo, o bate-papo, mas também para conhecer nossa cultura, as pessoas, tomar um café, conversar e, principalmente, interagir e fortalecer esse importante momento da literatura de Divinópolis”, conclui.

 

HOMENAGEADO

O homenageado desse ano pela FLID será o poeta, jornalista, ensaísta político, advogado e comerciante, Ataliba Lago. A homenagem a Ataliba justifica-se por sua contribuição nos campos da Comunicação e das Letras locais. Mineiro da cidade de Além Paraíba, na década de 1920 ele fixou residência em Divinópolis, onde deixou sua marca na imprensa, com sua experiência de criar e fazer jornais. “Ele foi uma figura muito importante em Divinópolis, fundou vários jornais e revistas, inclusive, hoje percebemos que a imprensa é muito forte na cidade. Acho justa a homenagem. Ataliba Lago é o patrono da nossa biblioteca pública, que é uma biblioteca viva, ainda mais para pessoas que convivem muito com essa área, sabem que pouquíssimas bibliotecas no Estado de Minas Gerais são tão ricas quanto a nossa”, destaca o também organizador do evento, Daniel Bicalho.

 



Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.