quarta-feira, 27 de Novembro de 2013 04:41h Pollyanna Martins

Semana mineira de redução de resíduos se estende até sábado em Divinópolis

A quarta edição da Semana Mineira de Resíduos ocorreu entre os dias 16 e 24/11. A iniciativa integrou as atividades desenvolvidas no âmbito da Semana Européia de Redução de Resíduos promovida pelos Estados membros da Comunidade Européia. Em Divinópolis os projetos da ONG Lixo e Cidadania: Decoração do Fashion Mix e Retalho e Arte que estão participando da Semana Mineira e Europeia de Redução de Resíduos vão estender o prazo até 30/11. O projeto “Criação da Rede de Comercialização de Recicláveis do Alto São Francisco” foi o escolhido para participar da Semana Mineira.
A Semana tem como intuito divulgar as políticas públicas voltadas para a questão de resíduos, promover ações sustentáveis visando a prevenção e a redução de resíduos gerados pelos diversos segmentos da sociedade, incentivar mudanças efetivas de atitudes e comportamentos do mineiro (no consumo e na produção) em seu diaadia. Atualmente, a gestão de resíduos na Europa, está fortemente influenciada por uma série de regulamentações europeias que atribuem como prioridade, à prevenção dos resíduos na fonte. As ações propostas pelos participantes foram em torno dos temas: “demasiados resíduos”, que tem ações voltadas para a conscientização da necessidade de reduzir a quantidade de resíduos gerados; “produzir melhor”tem o objetivo de divulgar as medidas tomadas pelas empresas e indústrias e que permitam reduzir a quantidade de resíduos gerados pela sua atividade econômica; “consumir melhor” traz ações que levem o consumidor a refletir sobre suas escolhas de consumo e pensar no meio ambiente cada vez que fizer sua compra; “prolongar a vida dos produtos” promove ações que procurem relembrar a reutilização dos produtos e o último “tem que é menos desperdício” tem o intuito de promover ações com soluções que evitem o descarte desnecessário para o lixo.
O projeto “Coleta Seletiva Solidária” foi feito durante 90 dias em Divinópolis, a iniciativa contou com a ajuda de duas estagiárias do curso Engenharia ambiental que cadastraram seis condomínios na área central da cidade, e ensinaram os moradores como separar o lixo de forma correta. Para fazer a decoração do Fashion Mix em 2010, a ONG reciclou 32 toneladas de caixa de leite, o cenário está em exposição na praça de alimentação do Divishop no bairro Bom Pastor; o terceiro o projeto da ONG “Criação da Rede de Comercialização de Recicláveis do Alto São Francisco” é uma ação abertaque culminará com uma reunião no dia 28/11 com os representantes dos municípios do Alto São Francisco para estabelecer o grupo coordenador das articulações para instalação da Rede, as dificuldades de fortalecimentos das Associações do Alto São Francisco.É um obstáculo para conseguir uma escala de comercialização dos produtos, inicialmente cinco Associações de catadores do Alto são Francisco participaram do projeto. A ONG também tem a ação Retalho e Arte, que é realizada em parceria com a Caixa Econômica Federal, e usa os retalhos produzidos pelas confecções da cidade para fazer artesanato, cerca de 25 mulheres fazem parte desta iniciativa. Os produtos são vendidos no site www.lixoecidadania.org e custam de R$10 a R$400.
Conscientização nas escolas
Foi realizado no dia 19/11 no Poliesportivo do bairro Niterói a abertura do evento Palco da Reciclagem,o projeto é um espetáculo infantil (musical) itinerante, cujo roteiro apresenta a importância da separação, coleta seletiva e reciclagem do lixo domiciliar. O projeto ficará instalado no Poliesportivo até sexta-feira 29/11. Como parte da apresentação, os alunos serão chamados ao palco e concorrerão a prêmios, mas todos os participantes receberão brindes. Para reforçar a importância da separação domiciliar do lixo pela população, ao final de cada sessão, será criado um vídeo sobre a coleta seletiva em Divinópolis e o trabalho da cooperativa de catadores local. Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano, Willian de Araújo, o musical vai além de uma apresentação teatral, pois fomenta o desenvolvimento de ações de conscientização socioambiental sobre a coleta seletiva, incentivando tanto a prática de separação quanto de reciclagem dos resíduos domiciliares.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.