quinta-feira, 11 de Abril de 2013 09:43h Prefeitura Municipal de Divinopolis

Semusa convida população para caminhada contra a dengue no sábado

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) promoverá no sábado (13/04) uma caminhada de sensibilização contra a dengue.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) promoverá no sábado (13/04) uma caminhada de sensibilização contra a dengue. O objetivo da ação é mobilizar os atores sociais da cidade e a população em geral para a necessidade de implementar ações contínuas de prevenção à dengue.

 

Diversas secretarias da Administração Municipal são parceiras deste evento, que conta ainda com apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar e Polícia Civil, lideranças religiosas, comunitárias e associações de bairros.

 

Segundo o coordenador da Vigilância Ambiental, Wanderson Teixeira, a cidade vive uma situação de epidemia, e é necessário um grande engajamento dos cidadãos da cidade para coibir a proliferação dos focos do mosquito e para a criação de uma cultura de monitoramento. “O Estado de Minas Gerais apresenta um alto número de casos da doença. Também no nosso município estamos passando por uma situação grave com 1988 casos de dengue já notificados até o último dia 5, o que reitera a importância das ações de controle e prevenção por parte do poder público e da população. Como sempre e principalmente neste momento, a mobilização social é fundamental”, disse. “Para tanto, estamos desempenhando inúmeras atividades para lembrar os cidadãos da importância da sua participação na eliminação e remoção de depósitos, e também neta caminhada, que é mais que um ato simbólico, mas um chamamento ás ações concretas de prevenção”, salientou.

 

A caminhada terá concentração da Praça da Catedral a partir de 8h30 do sábado e percorrerá diversas ruas até a Praça do Santuário, onde haverá um teatro educativo.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.