quinta-feira, 14 de Março de 2013 07:42h Prefeitura Municipal de Divinópolis

Semusa e Semed parcerizam no combate à dengue

Fumacê começa a circular hoje; 84 casos da doença foram confirmados

A coordenação da Vigilância em Saúde Ambiental de Divinópolis visitou a Secretaria Municipal de Educação (Semed) na manhã desta quinta-feira (14/03). Na ocasião, diretores da rede municipal de ensino foram informados do atual panorama da dengue no município, e receberam um conjunto de materiais informativos sobre o assunto, para serem utilizados nas escolas.

 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Eliana Cançado, os diretores da rede municipal de ensino estão sendo convocados a atuar com professores e alunos no combate à dengue. “Os diretores que participam desta reunião já estão atuando com os professores, que, por sua vez, têm intensificado na sala de aula a iniciativa de informar aos alunos tudo o que tange à dengue, em especial, as formas de se evitar a criação de focos do mosquito transmissor da doença”, disse. “São mais de 16 mil alunos, que terão condições de atuar como informadores e até mesmo fiscalizadores em suas casas e na vizinhança, utilizando como ferramenta uma lista de verificação, que deverá ser devolvida aos professores”, informou.

 

Eliana adiantou ainda que a Semed oficiou a Superintendência Regional de Educação e a rede particular de ensino sobre a necessidade de se intensificar o conteúdo com os alunos nas redes de ensino estadual e particular, bem como repensar estratégias de atuação que possam ser desenvolvidas nas escolas.

 

O coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental, Wanderson Teixeira, destacou a importância das parcerias para o combate ao Aedes aegypti. “Estamos entregando cartazes, folders e outros materiais que podem servir de material auxiliar dos professores no intuito de informar aos alunos e fazer deles multiplicadores da informação no que diz respeito à dengue”, disse. “Entendemos que a sensibilização é importante, embora nós disponhamos de outras ferramentas e formas de atuação, como a fiscalização através de 112 profissionais, entre agentes e supervisores”, salientou.

 

Wanderson Teixeira atualizou ainda os dados sobre a dengue no município até a manhã de hoje. Segundo informou, este ano foram confirmados 84 casos da doença, entre os 492 casos notificados. Trezentos e noventa e nove casos suspeitos ainda aguardam resultado. Ele lembrou ainda que, esta tarde, começa a circular o carro fumacê, e que deverá circular nos bairros com maior índice de infestação e de casos confirmados da doença. “Soltaremos ainda hoje uma lista com os bairros que receberão, primeiramente, a visita do carro fumacê. Lembramos que, quando o mesmo passar, os moradores devem manter portas e janelas abertas e cobrir os alimentos. Pessoas doentes, com problemas respiratórios, devem evitar o contato direto com o produto. Pequenos pássaros também devem ficar longe do alcance”, alertou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.