quinta-feira, 29 de Outubro de 2015 12:07h

Semusa esclarece estoque de vacinas em Divinópolis

A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa), por meio da Diretoria de Vigilância à Saúde/Vigilância Epidemiológica, esclarece sobre à insuficiência de vacinas

A redução de doses da vacina BCG ocorre em Divinópolis e também em todas as outras localidades em Minas Gerais devido a problemas estruturais nos laboratórios produtores contratados pelo Ministério da Saúde. Os laboratórios passam por alterações na tecnologia de produção e opera por 40% de sua capacidade mensal para produção desta e outras vacinas.

Já as doses para a Hepatite A e Tetra Viral, desde a implantação das vacinas no calendário vacinal das crianças menores de 2 anos de idade, o quantitativo disponibilizado para o município tem sido insuficiente para atender à demanda populacional da cidade. Em outubro, por exemplo, não foram disponibilizadas doses destas vacinas. Esta situação se manterá  no próximo mês.

Em um contexto geral, os estoques de diversas vacinas e soros estão comprometidos. A expectativa do Ministério da Saúde é de que a situação de produção das vacinas seja normalizada apenas entre março e julho de 2016.

A recomendação do Ministério da Saúde, até que esta situação se regularize, é que os municípios façam adequações como agendamentos para vacinação e outras metodologias para utilizar a maior quantidade possível das doses disponíveis.

A Vigilância Epidemiológica, por meio do seu Setor de Imunização, solicita a compreensão da população. A equipe do setor de Imunização se coloca à disposição para esclarecimentos pelo 3229-6803.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.