quarta-feira, 15 de Abril de 2015 12:41h

Semusa se prepara para vacinação contra a influenza

Imunização começa em 27 de abril em Divinópolis

A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde/Vigilância Epidemiológica e Diretoria de Atenção Primária, realizou capacitação entres os responsáveis das 33 salas de vacinação existentes na cidade. O encontro teve o objetivo de afinar a equipe para o início da vacinação contra a influenza (gripe) que terá início em 27 de abril.

“Na capacitação discutimos com os responsáveis as informações que vieram do Ministério da Saúde relacionadas ao período em que a campanha vai ocorrer e qual é o público alvo a ser atingindo por ela. Além de serem tratadas, também, questões técnicas da vacina e a logística da campanha”, destaca a referência técnica em imunização da Semusa, Marcela Machado.

A previsão do município é vacinar em torno de 49.100 pessoas. Entre elas estão os idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes de qualquer idade gestacional, puérperas (mulheres com até 45 dias de pós parto), trabalhadores de saúde que atuam em locais de referência para atendimento aos casos de influenza e portadores de doenças crônicas.

A Semusa alerta que para este último caso deve ser apresentando um relatório médico com justificativa para a vacinação.
“Ainda sobre quem será vacinado é importante frisar que a vacinação dos profissionais de saúde só vai ocorrer entre aqueles trabalhadores que atuam em áreas que prestam atendimento a influenza, ou seja, em ambientes mais susceptíveis a livre circulação do vírus. Este público será vacinado, portanto, no local de trabalho. Desta forma, deixamos claro que a vacinação não é ampliada a todos os profissionais de saúde”, explica Marcela.

De acordo com o Ministério da Saúde, as estratégias de vacinação no Brasil, a inclusão de novas vacinas no Programa Nacional de Imunizações e o estabelecimento de grupos populacionais a serem cobertos; são decisões respaldadas em bases técnicas, científicas e logísticas, evidência epidemiológica, eficácia e segurança do produto, somados a garantia da sustentabilidade da estratégia adotada para a vacinação.

No município, em 9 de maio, será realizado um Dia “D” de vacinação contra a influenza. “Será mais uma facilidade para o acesso da população alvo à vacinação” diz Marcela. A referência técnica atesta que a vacina é segura e se mostra muito eficaz.
“Os dados da última campanha demonstram que o município atingiu a meta mínima estipulada pelo Ministério da Saúde em todos os grupos alvos de vacinação. Claro que ainda há grupos que precisam ser melhor trabalhados para que se tenha coberturas mais homogêneas anualmente, como é o caso de idosos, crianças e gestantes. De uma forma geral a cobertura vacinal feita na cidade atende, mas precisamos, a cada ano, melhorar”, pontuou Marcela.

No dia 9 de maio, Dia “D” de vacinação contra influenza, estarão funcionando as Unidades de Saúde do Ipiranga, São José, Central, Danilo Passos, Bom Pastor, Afonso Pena, Niterói, CSU e Itaí. Nestas unidades a vacinação no Dia “D” acontecerá das 8h às 17h. Nos demais dias todas as outras unidades vacinarão normalmente o público alvo desta campanha no horário de funcionamento. A vacinação contra a influenza se estenderá até o dia 22 de maio.

Crédito das Fotos: Rodrigo Dias

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.