quarta-feira, 31 de Maio de 2017 08:57h Pollyanna Martins

Sindicato Rural libera entrada gratuita para o show de Humberto e Ronaldo

A notícia foi dada em primeira mão pelo vereador Eduardo Print Júnior (SD) durante a reunião ordinária de ontem (30)

O Sindicato Rural liberou a entrada gratuita para o público no show de Humberto e Ronaldo, no dia 4 de junho, na Divinaexpo. A notícia foi dada em primeira mão pelo vereador Eduardo Print Júnior (SD), após um embaraço com o presidente do sindicato rural, Irajá Nogueira, e os 17 vereadores. Durante o discurso do vereador Cleitinho Azevedo (PPS), o líder do PMDB, Delano Santiago, pediu uma parte para citar uma suposta declaração do presidente do sindicato rural a um jornal impresso da cidade. De acordo com a coluna social do jornal, Irajá Nogueira teria dito que, mesmo perdendo a parceria da Prefeitura para a apresentação do show da dupla sertaneja Humberto e Ronaldo, o presidente do sindicato disse que estava tudo bem. “Pois isso implica apenas na retirada das mordomias proporcionadas aos vereadores, secretários e respectivos familiares para assistirem aos shows nos camarotes exclusivos para eles”.

Delano leu até o final a coluna social, que afirmava ainda que Irajá teria dito que iria vender os camarotes que seriam para os vereadores e secretários municipais “e com o dinheiro da entrada arrecadaremos mais do que seria recebido. Em compensação, quem estava acostumado a ver os shows gratuitamente, agora ficará a ver navios”. Após a leitura, o edil disse que não teria como defender Irajá Nogueira depois dessas declarações. Durante a reunião, o vereador Eduardo Print Júnior disse que havia entrado em contato com o presidente do sindicato rural e ele havia desmentido tais declarações. O edil informou ainda que Irajá Nogueira iria emitir uma nota de repúdio e que a entrada para o show da dupla sertaneja Humberto e Ronaldo seria gratuita, como anunciado anteriormente. Depois das informações dadas por Eduardo Print Júnior, o vereador Delano Santiago disse que seria necessária uma retratação, pois a suposta declaração do presidente feria a integridade dos vereadores.

SHOW

No final da tarde, o Sindicato Rural emitiu uma nota oficial informando que iria manter a tradição de não cobrar um show devido ao aniversário da cidade. “O Sindicato Rural de Divinópolis comunica a todos que, para manter a tradição de várias décadas e para não prejudicar a população, resolveu, por meio de sua diretoria, que está mantida a entrada franca no próximo dia 4 de junho (encerramento da 47ª Divinaexpo), mediante a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis”.

POLÊMICA

A polêmica envolvendo o pagamento do show da dupla sertaneja Humberto e Ronaldo, no dia 4 de junho, começou no final de abril, quando o vereador Cleitinho Azevedo denunciou que a Prefeitura de Divinópolis, após prorrogar por mais 120 dias o decreto de calamidade financeira, iria pagar R$ 220 mil pela apresentação da dupla. Na última semana, o valor chegou a ser anunciado que passaria de R$ 220 mil para R$ 110 mil. Mas, após uma recomendação do Ministério Público ao Município, para que não custeasse a bilheteria do show a ser realizado no dia 4 de junho ou repassasse qualquer valor para o evento Divinaexpo, em razão do estado de calamidade financeira e da existência de outras prioridades, a Prefeitura de Divinópolis anunciou que não firmaria o tradicional convênio com o Sindicato Rural.

Após a decisão do Poder Executivo, o Sindicato Rural informou que os ingressos seriam vendidos a R$ 20. Porém, ontem (30), o sindicato voltou atrás e manteve a tradicional gratuidade.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.