quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015 08:56h Atualizado em 14 de Janeiro de 2015 às 09:01h. Pollyanna Martins

SOS do Câncer prorroga campanha de mamografia gratuita

A campanha “Sopro de Vida” começou em setembro de 2014 e já atendeu 400 mulheres

A entidade SOS do Câncer está promovendo em Divinópolis e toda Minas Gerais a campanha “Sopro de Vida”, que oferecerá exames de mamografia gratuitos para 200 mulheres. O projeto, que começou em setembro de 2014, já atendeu 400 pacientes e tem o intuito de combater o câncer de mama.
Segundo o assistente social da entidade, Leonardo Peres, a campanha foi prorrogada até março deste ano devido à alta demanda de mulheres que precisam fazer o exame. “A campanha é de prevenção ao câncer, começou em setembro do ano passado e foi até dezembro, com o objetivo de atender mulheres de todo Estado, tanto com a mamografia quanto ultrassons da mama. Diante da crescente demanda nós decidimos estender o prazo da campanha”, explica.
A campanha será realizada até o dia 31 de março. Conforme Leonardo, por causa da falta de vagas para ultrassom da mama, nessa etapa será oferecida somente a mamografia. As mulheres que tiverem interesse em participar da campanha devem levar à sede da entidade uma cópia da identidade, CPF, comprovante de endereço, comprovante de renda e o pedido do exame.
“Nós vamos atender todo o Estado. Para participar a mulher deve fazer o cadastro. Mas quem mora fora pode enviar os documentos por e-mail, escaneados. O exame será agendado e nós vamos entrar em contato com a paciente para avisar a data e o horário. Com isso, a paciente deve vir buscar a autorização”, informa o assistente social.
De acordo com Leonardo, são fornecidas para a paciente informações sobre o exame, além de lanche. A van da SOS do Câncer é que leva as pessoas para realizar o procedimento. “Nós levamos a paciente até a clínica para fazer o exame. O resultado fica pronto em dez minutos e ela já sai com ele. Caso seja diagnosticada alguma anomalia, a paciente é orientada pelo médico [sobre] qual procedimento tomar. E ainda caso ela precise de apoio neste tratamento, em relação a outros exames, algum tipo de medicamento que ela não tenha condições de comprar e não consiga pelo SUS, a gente fornece este tipo de amparo também”, ressalta.
A SOS do Câncer fica localizada na Rua São Paulo, nº 1010, no Centro. O telefone para contato é (37) 3511-1492. O horário de funcionamento da entidade é de segunda a quinta- feira, das 8h às 18h, e na sexta-feira das 8h às 17h.

 

MAMOGRAFIA
Segundo o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, entre os 35 e 40 anos a mulher deverá ser feita a primeira mamografia, que servirá de base para avaliar as condições da mama e possibilitar exames comparativos futuros. Dos 40 aos 50 anos, a frequência da mamografia deverá ser determinada pelo médico, de acordo com a inclusão da paciente no grupo de risco ou com as características da mama. Após os 50 anos, todas as mulheres devem se submeter ao exame preventivo de mamografia anualmente.
Ainda conforme o Instituto, a mamografia é de 85% a 90% específica. De acordo com a Sociedade Americana do Câncer, somente uma ou duas mamografias em cada mil levam ao diagnóstico do câncer. Aproximadamente 10% das mulheres precisam de uma mamografia adicional. Apenas de 8% a 10% das mulheres necessitarão de biópsia e 80% dessas biópsias não são câncer.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.