segunda-feira, 17 de Março de 2014 11:38h

SOS Drogas completa 10 anos de atendimento ao cidadão mineiro

De 2006 a 2013 O SOS Drogas realizou 28.184 atendimentos presenciais, orientando educadores, familiares e usuários de álcool e outras drogas.

O Centro de Acolhimento SOS Drogas, vinculado a Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (Supod), da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), completa nesta segunda-feira (17) 10 anos de funcionamento. O serviço foi criado com a finalidade de orientação gratuita a educadores, familiares e usuários de álcool e outras drogas.

De 2006 a 2013 O SOS Drogas realizou 28.184 atendimentos presenciais, sendo que, em 2012, foram 2.800 e no ano seguinte 3.971. O local dispõe de um grupo multidisciplinar de profissionais de saúde e assistência social que podem encaminhar o cidadão para atendimento ambulatorial, internação ou permanência/dia em comunidades terapêuticas, grupos de terapia para usuários e grupos de terapia familiar.

O subsecretário de Políticas Sobre Drogas, Cloves Benevides, relata que na criação e nos primeiros anos de atendimento, as pessoas não tinham ideia da abrangência e do alcance que o serviço iria atingir. “O SOS Drogas, tanto no atendimento presencial quanto no Lig Minas, tornou-se uma referência no estado para usuários e familiares, pela excelência dos serviços prestados e pelo constante aprimoramento da relação com as entidades parceiras” explica.

Atendimento telefônico

Outra modalidade de atendimento da Supod é o LigMinas (155), na opção 1, uma central de atendimento do Governo do Estado, na qual o usuário dispõe de dois níveis de atendimento, conforme a complexidade da situação. No primeiro momento a pessoa recebe informações básicas e, caso necessário, passa para a fase seguinte, com a transferência da ligação para um especialista. O serviço telefônico funciona das 7h às 22h, todos os dias da semana, e pode ser acessado dos 853 municípios de Minas Gerais. No LigMinas o cidadão pode obter informações de todos os serviços prestados pela administração direta e indireta.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.