sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015 10:53h Atualizado em 27 de Fevereiro de 2015 às 10:57h. Mariana Gonçalves

Tarifas de taxi são reajustadas em Divinópolis

O decreto 11.741, assinado pelo prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios Mineiros essa semana. A referida publicação dispõe sobre o Reajuste de Tarifas Taximétricas praticadas na cidade

A partir de agora o valor da bandeira sai de R$ 4,45 e passa a ser R$ 4,90. O quilômetro rodado na Bandeira I – compreendido pelo período das 6h às 22h –, passa de R$ 2,85 para R$ 3,20 e a Bandeira II sai da casa dos R$ 3,55 e passa a ser R$ 3,90. Já a hora de espera sai de R$ 18 para R$ 19,70.
De acordo com o decreto, permanece o uso regular da Bandeira II para os sábados a partir do meio-dia e para os domingos e feriados. Além disso, está proibida a cobrança de qualquer valor a título de retorno. Cabe destacar que para a cobrança de tarifa reajustada, até que o taxímetro seja aferido, o taxista deve apresentar a tabela oficial ao passageiro. Deverá ser afixada do lado de dentro dos veículos, no vidro traseiro esquerdo, uma tabela adesiva com os valores.
O prefeito explicou que o reajuste foi um pedido do Sindicato dos Condutores Autônomos, devido o último aumento ter sido feito em 17 de fevereiro de 2014 e também pelo aumento do combustível, que representa 50% dos insumos gastos pela categoria. Os novos valores foram analisados pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) e acompanhados pelo Conselho Municipal de Trânsito (Comutran).

 

RODOVIÁRIA
Também foi publicado no Diário Oficial o reajuste das tarifas relativas ao uso do Terminal Rodoviário Joaquim Martins Lara, em Divinópolis. Para a utilização dos sanitários a população pagará R$ 0,80. As taxas de embarque em distâncias estaduais até 50km passam agora a custar R$ 1,70. Distâncias estaduais acima de 50km ficam por R$ 2,50 e interestaduais por R$ 3.
Taxas para ônibus ou micro-ônibus de turismo e excursões também mudam: para permanência até doze horas no Terminal, já incluídos os serviços de embarque e desembarque, o valor fica em R$ 16,50 e para cada uma hora de permanência depois das doze iniciais, o preço é de R$ 1,70.
Em dezembro do ano passado o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de Minas Gerais (Sindpas) autorizou o reajuste de 9,31% das tarifas cobradas no serviço de transporte. Na ocasião, a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) justificou que aumento é previsto no contrato com as empresas.
Além disso, a correção se fez necessária devido à defasagem existente entre os preços das passagens e o aumento dos custos ocorrido no período de doze meses, levando-se em conta os gastos com combustível, aquisição de peças de reposição, manutenção, depreciação do veículo, taxas, tributos e impostos, despesas administrativas gerais e a remuneração da mão de obra com benefícios sociais.

 

Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.