domingo, 2 de Outubro de 2016 17:25h Agência Brasil

TRE do Ceará registra 47 crimes eleitorais

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) registrou 47 crimes eleitorais nos municípios do Ceará durante as eleições municipais

A maioria é de casos de boca de urna: 19, ao todo. De manhã, em Fortaleza, a Polícia Militar (PM) prendeu, em três bairros, 12 pessoas que estavam com santinhos (panfletos com informações sobre candidatos).

Outros casos notificados pelos municípios ao tribunal foram de compra de votos (11), propaganda irregular (9) e transporte irregular (4). Também houve um caso de briga entre fiscais de duas coligações em Pacoti, a 85 quilômetros de Fortaleza.

O TRE-CE também registrou 2 casos de vestimenta padronizada, que é quando eleitores estão usando alguma roupa confeccionada para indicar o voto em algum candidato.

Em Fortaleza, a candidatura do deputado estadual Wagner Souza Gomes (PR), o Capitão Wagner, à prefeitura vem gerando polêmica por causa disso. Na sexta-feira, o juiz da 116ª Zona, José Krentel, expediu mandado de busca e apreensão no comitê de Wagner para verificar denúncia feita pela coligação do candidato Roberto Cláudio (PDT) de que o adversário estava distribuindo camisas com o símbolo do Capitão América a policiais militares.

Ontem, o juiz expediu liminar proibindo o uso do símbolo do super-herói pela coligação de Wagner, que é militar reformado. Segundo o promotor de Justiça coordenador das eleições, Emmanuel Girão, a compreensão de alguns promotores é de que Wagner associou sua candidatura à cor azul e à marca do personagem dos quadrinhos.

Girão diz que o uso da camiseta por dois eleitores gerou questionamentos hoje em uma seção eleitoral, mas as pessoas foram liberadas para votar.  Já na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), ligada à Secretaria da Segurança Pública do Ceará, uma sargenta foi detida por chegar ao local vestindo a camiseta com o escudo do Capitão América.

Policiamento

Em todo o Ceará, o esquema de  segurança para as eleições foi reforçado por 5,6 mil policiais. Desse total, 1.023 estão em cidades do interior desde o dia 27 de setembro. Segundo o tenente-coronel Jano Emanuel, chefe de planejamento da Operação Eleições, a parte do efetivo destinada ao interior deslocou-se uma semana antes do previsto para as cidades de Mombaça, Santa Quitéria, Jaguaruana e Icó por solicitação dos juízes eleitorais locais.

Em Icó, no centro-sul do estado, casas de pessoas ligadas a candidaos locais foram alvejadas durante o período eleitoral. Segundo Emanuel, uma pessoa foi presa nesta madrugada apontada como responsável pelos tiros.

Segundo o TRE-CE, o processo de votação nas eleições municipais está dentro da normalidade no estado. Até as 16h, 245 urnas tiveram que ser substituídas, sendo 113 na capital.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.