sexta-feira, 10 de Julho de 2015 13:38h

UEMG Unidade Divinópolis é sede da Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável

Representantes dos municípios de Arcos, Divinópolis, Formiga, Japaraíba, Oliveira, Pará de Minas e Pedra do Indaiá participaram, nesta quinta-feira (dia 9 de julho)

Representantes dos municípios de Arcos, Divinópolis, Formiga, Japaraíba, Oliveira, Pará de Minas e Pedra do Indaiá participaram, nesta quinta-feira (dia 9 de julho), no auditório da UEMG Unidade Divinópolis, da 5ª Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Centro-Oeste Mineiro.

Com o lema “Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar”, o evento foi organizado pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais (Consea-MG).

A abertura da conferência contou com a participação do vice-prefeito de Divinópolis, Rodrigo Resende; do diretor regional da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), Júlio César dos Santos; dos conselheiros do Consea-MG Marcos Roberto Ferreira (representante da Ruralminas), Jeannine Antunes (representante da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis) e Andreia Faria Moraes Ferreira (representante da Emater); e da ex-conselheira do Consea-MG Regina Bicalho.

Segundo Joaquina Júlia Martins, técnica do Consea-MG, o objetivo da conferência foi receber e debater as propostas dos delegados municipais da região para a constituição de políticas públicas na área de segurança alimentar e nutricional sustentável.

No período da manhã, foram realizadas quatro palestras: “Consolidação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais” (Regina Bicalho, ex-conselheira do Consea-MG), “Comida de verdade: avanços e desafios para a conquista da alimentação saudável e da soberania alimentar de Minas Gerais por meio da adoção de estratégias intersetoriais que garantam o alcance das políticas públicas de SANS” (Márcia Campanharo, da Emater), “Cultura alimentar tradicional dos povos e comidas tradicionais: produção, beneficiamento, acesso, transporte, racismo e criminalização” (Sandra Guimarães, do Núcleo de Saúde Coletiva da UEMG Unidade Divinópolis) e “Políticas públicas enquanto garantia de direito humano à água” (Beatriz Ferreira, da Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ).

Já no período da tarde, foram formados quatro grupos de discussão nos quais foram apresentadas e aprovadas as propostas dos delegados.

A conferência foi encerrada com a eleição dos 14 delegados que vão representar a região na 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável, que será realizada entre os dias 21 e 23 de agosto, em Belo Horizonte.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.