quinta-feira, 23 de Junho de 2011 09:15h Atualizado em 23 de Junho de 2011 às 09:19h. André Bernardes

Unidance traz grandes companhias à Divinópolis

Festival de dança tem entrada gratuita em todas as atrações

Começa hoje às 19:30h a sétima edição do festival de dança Unidance. Mais de 800 bailarinos de todo o Brasil irão se apresentar durante quatro dias em Divinópolis. A entrada é franca.


Durante o evento, os bailarinos participarão de oficinas com grandes nomes da dança e durante a noite, os divinopolitanos poderão assistir as apresentações no espaço Automac, na Av. Autorama.  Cristiane Moreira é uma das organizadoras do evento e garante que este encontro é uma oportunidade para os bailarinos aprimorarem a sua arte. “São professores de peso que vem com muita coisa nova. Eles irão fazer parte da banca de jurados e darão as oficinas, que são aulas práticas onde os bailarinos farão uma troca de aprendizagem” contou Cristiane.
Vinte e cinco companhias de todo o Brasil estarão participando do encontro. Bailarinos como Cristina Helena delegada da dança de Minas Gerais e professora do Balé Sesi Minas, Patrícia Avelar do Palácio das Artes, Aniel coreógrafo da Rede Globo irão julgar os trabalhos apresentados durante a noite. Todos os dias serão entregues premiações para as melhores companhias.


Quem irá abrir o festival é o balé Sesi Minas. Na sexta feira a abertura fica por conta do Balé do Palácio das Artes. Sábado quem irá abrir a noite será uma nova apresentação do balé Sesi Minas e no domingo, o encerramento fica com a Cia 1, que é uma companhia  profissional de Divinópolis muito premiada no Festival de  Joinvile, o melhor festival de dança do Mercosul. As apresentações no domingo começaram as 17:30 hs.


Durante os dias do festival, um palco livre estará montado na praça de alimentação do Shopping Pátio Divinópolis, onde os bailarinos se apresentarão durante o dia incluindo os bailarinos vencedores da noite anterior. “Pra gente é uma realização não só pessoal, mas uma gratificação de ver a cultura de Divinópolis sendo valorizada fazendo um evento grandioso e levando as pessoas gratuitamente para assistir” alegrou-se Cristiane.


A bailarina Fernanda Caroline irá participar pela segunda vez do festival e diz estar ansiosa pelo que vem pela frente. “Estou com expectativa muito grande porque além de participar, eu sou da companhia que vai encerrar no domingo e a gente fica nervosa. A gente conhece muita gente diferente. Eu abri o festival ano passado. Conheci pessoas de Goiás, Curvelo, Uberlândia, e ganhei muita experiência. A gente cresce interagindo com outras pessoas” disse Fernanda.


No último dia, os três bailarinos com maior destaque no festival irão receber uma premiação em dinheiro. A entrada nas apresentações é franca.

 

 

A volta do Unidance

 

A primeira edição do festival ocorreu em 1998 depois que três professoras de balé resolveram unir as escolas de dança de Divinópolis para mostrar seu trabalho. As apresentações acontecerão em três dias no ginásio Poliesportivo. O público recebeu muito bem a ideia e na segunda edição o festival abrangeu as escolas da região. Com a nova fase, o evento foi crescendo e teve cinco edições. Cristiane conta que a organização conseguiu entrar na Lei de Incentivo a Cultura, mas não conseguiu captar o recurso para dar continuidade no festival. O festival ficou parado por quatro anos. No ano passado, a organização conseguiu a captação de recursos e voltou com a sexta edição do Unidance abrangendo companhias de todo o Brasil. 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.