terça-feira, 22 de Dezembro de 2015 11:32h

UPA Padre Roberto recebe plantio de árvores

A Unidade Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto, localizada no bairro Ponte Funda, atende em média, por semana, 2.450 mil pessoas de Divinópolis de algumas cidades da região

Com essa forte demanda há sempre a necessidade de tornar este local mais agradável tanto para quem procura auxílio, como para quem trabalha lá.

 

Localizada num platô, a UPA Padre Roberto necessitava de árvores que proporcionassem sombra, contribuíssem para a melhora do ar naquele local além, é claro, de contribuir para seu embelezamento e proteção do prédio.

 

Para atender a essas expectativas a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) fechou parceria com a Secretaria de Meio Ambiente. Como resultado foram plantadas, na última semana, 21 árvores de espécies variadas.

De acordo com o secretário de meio ambiente Willian Araújo esta iniciativa, em médio prazo, trará benefícios aos frequentadores e trabalhadores desta unidade de saúde. “O intuito é valorizar o projeto de arborização do município, quanto mais verde melhor, e trazer o pessoal da saúde para este processo de educação ambiental”, pontua Willian.

Um técnico da Secretaria de Meio Ambiente esteve na UPA Padre Roberto e demarcou as áreas onde foram plantas as 21 árvores. A intenção é, numa próxima etapa, ampliar este plantio para outros pontos da UPA que também carecem deste serviço. Podendo chegar a até cem espécies de árvores plantadas.

“Ao avaliar o espaço e promover o plantio nós favorecemos a questão do sombreamento, para evitar a carga de calor, e também com um projeto ornamental do espaço onde esta a UPA”, completa o secretário. Entre outras, foram plantas árvores da espécie como a sibipiruna, ipê e ipê mirim.

“Esse trabalho vem nos ajudar tanto na parte de arborização, valorizando o meio ambiente, e favorecendo o sombreamento aqui na UPA. Essa unidade é muito aberta e o plantio de árvores vem favorece a população, oferecendo um ambiente mais fresco que contribui, também, para um ambiente mais humanizado”, argumenta o coordenador assistencial da UPA Padre Roberto, Antônio Sávio de Macedo.

A partir deste projeto piloto que é realizado na UPA, a expectativa é que em 2016 outras unidades de saúde que carecem deste serviço possam ser beneficiado. “Já recebemos esta solicitação do secretário David Maia e vamos nos empenhar para esta finalidade”, conclui Willian.

 

Créditos: Rodrigo Dias

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.