terça-feira, 7 de Junho de 2016 13:34h Prefeitura de Divinópolis

UTI’s móveis da Rede Samu já estão em Divinópolis

Autoridades municipais e prefeitos de cidades vizinhas receberam os veículos

Sete ambulâncias, do tipo Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel, próprias para resgate e remoção de pacientes com complicações diversas, chegaram a Divinópolis no final da tarde desta segunda-feira (06/06). As ambulâncias passam a compor o Consórcio Integrado de Urgência e Emergência (Cis-Urg Oeste), que tem como presidente o prefeito de Divinópolis, Vladimir de Azevedo. 54 municípios serão atendidos pela Rede de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

As ambulâncias foram recebidas pelo prefeito Vladimir, autoridades municipais e prefeitos de cidades vizinhas. Este é mais um passo importante visando o funcionamento do Samu 192 prevista para o fim deste mês. “É um momento muito importante. Assinamos no dia 1º de junho a cessão das ambulâncias por parte do Governo do Estado e elas estão chegando hoje e já são uma realidade. Estamos com a Central de Regulação do Samu  pronta. O consórcio que criamos a cerca de dois anos estruturou isso tudo: capacitou os funcionários do Samu, depois da seleção, realizamos as oficinas. Estamos com tudo pronto para funcionar só que quem fala o sim é o Governo do Estado e a expectativa é que neste mês de junho, conforme toda a programação, a gente comece a rodar o Samu”, explica Vladimir.

 

 

 

 

Como o Samu 192 funcionará na forma de rede, atendendo assim a dezenas de municípios, as ambulâncias que chegaram a Divinópolis serão distribuídas de forma estratégica com a finalidade de cobrir toda a região. Sendo assim, uma fica em Divinópolis e as outras seguem para as cidades de Formiga, Oliveira, Itauna, Luz, Campo Belo e Nova Serrana. Além dessas sete ambulâncias UTI’s estão sendo aguardadas para a próxima semana o recebimento de mais 24 ambulância do tipo unidade básica.

 

“As ambulâncias UTI’s - tripuladas por médico, enfermeiro e um condutor socorrista – ficarão dispostas em pontos estratégicos dentro da região Centro Oeste o que foi definido juntamente com o Estado para que possamos dar uma resposta no máximo em 40 minutos em cada chamada no 192”, esclarece o diretor do Cis-Urg, José Márcio Zanardi.

 

 

 

 

Regulação

A Central de Regulação da Rede Samu está em Divinópolis instalada no antigo prédio do Pronto-Socorro cedido para esta finalidade pela Prefeitura. A escala de trabalho garante atendimento 24h por dia. Três médicos trabalharão 24h por dia, após o recebimento das chamadas pelos atendentes, que definiram qual ambulância fará o atendimento.

“Tudo isso faz parte de um grande processo que é a implantação da Rede de Urgência e Emergência. Já tivemos várias oficinas onde ficaram estabelecidos quais os hospitais que receberão as pessoas e nós viemos caminhando ao longo deste processo. A chegada dessas ambulâncias é mais um passo e significa que o Samu está próximo de começar a funcionar efetivamente”, comemora a secretária de Saúde de Divinópolis, Kênia Carvalho.

Esta sensação de cobertura proporcionada pelo Samu também é sentida em outros municípios. “Tem gente que não sabe como é difícil fazer uma transferência de uma pessoa quando a gente depende de ambulância e fica caro uma transferência. Esse mês, lá na minha cidade, a Prefeitura pagou mais de R$ 8 mil na transferência de um único paciente. Agora, com o Samu, esse problema fica resolvido”, conta prefeito de Pedra do Indaiá, Cláudio Gonçalves.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.