sábado, 7 de Fevereiro de 2015 04:59h Atualizado em 7 de Fevereiro de 2015 às 05:08h. Mariana Gonçalvez

Vazamento de água incomoda moradores do Santa Rosa

Há quase uma semana uma obra da Copasa tem incomodado a população do bairro Santa Rosa

Segundo os moradores da Rua José Teodoro Ferreira, uma equipe da empresa esteve no local onde havia um vazamento de água e colocou apenas uma placa sinalizando o problema.  Depois disso a equipe retornou ao local novamente, mas a placa continuou da mesma forma.
A reportagem da Gazeta do Oeste esteve no local e além dos registros fotográficos, aproveitou para conversar com algumas pessoas que pediram para não ser identificadas. A população nos relatou que problemas ligados a vazamento de água são bastante comuns nessa região. Inclusive, a Rua Chile, que corta a Rua José Teodoro Ferreira, também está com uma placa de sinalização da Copasa informado a execução de obras.
De acordo com a população, toda vez que é acionada a Copasa pede que sejam aguardadas algumas horas para o envio de uma equipe, porém, quando a mesma chega ao local, demora para solucionar o problema. As interrupções de água também foram alvo de reclamações. Conforme disseram os moradores, o Santa Rosa tem frequentes interrupções do serviço de abastecimento de água.
Tal situação poderia até ser reduzida se, segundo a população, os vazamentos na rua não desperdiçassem a quantidade de água limpa que desperdiçam. De acordo com a Copasa, a placa na Rua José Teodoro se trata da sinalização de um serviço de manutenção já executado, em um poço de visita da rede de esgoto. Ainda conforme a companhia, não foi identificado vazamento de água na rua.
Em nota, a Copasa salientou que está fazendo uma campanha em todo Estado, com uma força tarefa para atingir sua meta de economizar 30% da água, adotando uma série de medidas e ações para evitar os desperdícios e preservar os recursos hídricos. A questão atual deixou de ser individual passando a ser coletiva e, por isso, a conscientização da sociedade é muito importante para evitar o desabastecimento.
Ainda em nota, a empresa disse que desde o dia 25 de janeiro está em funcionamento o site www.copasatransparente.com.br, que traz várias orientações sobre como evitar desperdícios e outras informações de interesse da população.

 

Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.