quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015 10:21h

Vladimir assina convênio para implantação do Samu

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (Cis-Urg)

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (Cis-Urg), assinou na tarde da última terça-feira (29/12) o convênio que prevê a implantação do Samu na região, até o fim do primeiro trimestre de 2016. O documento assinado na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, junto ao Governo do Estado, pela secretaria de Estado da Saúde, prevê o repasse de R$ 7.076 milhões ao Cis-Urg.

Para o presidente do Consórcio, Vladimir Azevedo, a data sacramenta um ponto importante de todo o processo. “Significa agora o serviço rodar nas 54 cidades da macro região oeste. Nos últimos 18 meses a gente vem cuidando deste sonho. Tivemos a união dos municípios envolvidos que me elegeram como presidente para tocar esta questão”, ressaltou.

Vladimir lembrou que foi cedida a área do antigo pronto socorro. “É um espaço vocacionado para este serviço de urgência e emergência, e ali estamos fazendo um grande complexo de saúde que queremos consolidar neste início do ano. Teremos em breve o Samu funcionando, com incentivo financeiro e gerando emprego em toda região”, finalizou.

De acordo com o secretário executivo do Cis-Urg, José Márcio Zanarde, os 54 municípios integrados ao Consórcio Intermunicipal de Saúde, compõem uma população de aproximadamente 1,2 milhão de pessoas. “É um momento histórico para todas as cidades envolvidas na nossa região. Além de Divinópolis, que será a sede de regulação, teremos 24 bases descentralizadas. Temos que destacar aqui a vontade de todos os agentes públicos, especialmente do presidente do consórcio, o prefeito de Divinópolis Vladimir Azevedo, que desde o primeiro momento se mostrou empenhando e dedicado neste projeto”, ressaltou.

Ainda de acordo com  Zanarde, Divinópolis terá três ambulâncias, sendo uma UTI móvel e duas unidades básicas. “Ao todo serão 31 ambulâncias, adquiridas através do Governo de Estado. A previsão de atendimento será iniciado quando forem compradas as ambulâncias e entregue a central de regulação, acredito que até o fim de março”, acrescentou.

No início do mês, representantes das cidades participantes do consórcio se reuniram para tratar da obra de adaptação, que se encontra adiantada. “A partir deste ato aqui em Belo Horizonte, o Estado se compromete a fazer sua parte sobre tudo no aspecto financeiro, regando o consórcio de recursos para aquisição dos equipamentos internos. O mesmo convênio direciona a forma de aquisição das ambulâncias e meio de transporte de todo o serviço”, comentou David Maia, secretário municipal de Saúde, que também participou da cerimônia.

Alguns prefeitos participaram do ato, como o de Carmópolis de Minas, Geraldo Antônio da Silva. “É um dia marcante, mais um passo, onde toda nossa região vai ganhar. Fiz questão de estar aqui ao lado do prefeito Vladimir que preside o nosso consórcio, para ver este projeto saindo do papel”, comentou.

Para Geraldo Cardoso, prefeito de Camacho, a implantação do SAMU é um grande avanço. “A população será mais bem atendida, será de grande valia no atendimento da urgência e emergência”, destacou.

O prefeito Reginaldo Cardoso de Córrego Danta, falou que a saúde como num todo tem grande demanda. “Todos esperam um bom atendimento, este primeiro atendimento do SAMU com certeza vai ajudar a salvar vidas”, resumiu.


Créditos: Samuel do Valle

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.