segunda-feira, 23 de Maio de 2016 08:56h Atualizado em 23 de Maio de 2016 às 09:10h. Prefeitura de Divinópolis

Vladimir participa de 4ª semana de curso para os profissionais do Samu

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, participou na tarde desta sexta-feira (20/05) do encerramento da 4ª Semana de Capacitação dos Profissionais de Atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Oeste (Samu)

O curso é realizado no auditório do campus da Universidade de Alfenas (Unifenas). Vladimir destacou a importância do primeiro atendimento prestado pelo Samu. “O Samu é um ente novo que nasce. Teremos mais capacidade de salvar vidas naquele primeiro atendimento com maior agilidade. Parabéns para vocês que vão começar a trabalhar neste atendimento. Não estamos aqui por acaso, estamos aqui porque trabalhamos muito para o Samu sair do papel”, afirmou o prefeito para os funcionários do Samu.

 

 

 

 

No total são cinco turmas, com média de 120 pessoas. Estão envolvidos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores de ambulância. O serviço contará com 24 bases descentralizadas distribuídas nos municípios da Região Oeste, garantindo a cobertura dos 54 municípios e uma Central de Regulação em Divinópolis para onde serão direcionadas todas as chamadas do telefone 192.

 

 

 

 

Estrutura

O Samu nasce com 18 hospitais mapeados e credenciados em toda a região de abrangência do Consórcio de Urgência e Emergência (Cis-Urg) Centro-Oeste. Além de 24 bases de ambulâncias. O serviço contará com 31 novas ambulâncias, dessas sete serão ambulâncias avançadas que praticamente são uma UTI móvel.

O Samu é um programa que tem como finalidade prestar socorro à população em casos de urgência e emergência. Com estrutura qualificada, o Samu 192 consegue reduzir sensivelmente o número de óbitos, tempo de internação hospitalar e sequelas decorrentes da falta de um socorro em tempo hábil.

O Samu 192 funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana e, à população dos 54 municípios que compõem a macrorregião, beneficiando cerca de 1,1 milhão de pessoas. A iniciativa de regionalização do Samu resultará na redução de mil morte/ano na região.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.