terça-feira, 24 de Maio de 2016 11:03h Atualizado em 24 de Maio de 2016 às 11:05h.

Voluntários da Gerdau promovem blitz educativa no interior de Minas Gerais

A ação foi direcionada a motoristas que passaram pela cidade de Barão de Cocais, Divinópolis e pelo distrito de Várzea do Lopes

Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, no dia 18 de maio cerca de 50 voluntários da Gerdau foram até as ruas e rodovias de quatro localidades mineiras para realizar uma blitz educativa e conscientizar a população sobre o tema.

A iniciativa foi promovida por meio do programa Na Mão Certa, nos municípios de Barão de Cocais, Divinópolis, Miguel Burnier - distrito de Ouro Preto -, e Várzea do Lopes - distrito de Itabirito. Durante a ação, os participantes receberam informativos educativos sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes, para que se transformem em agentes de proteção e contribuam para a eliminação do problema, além de orientações sobre os cuidados com a saúde e a segurança nas estradas. Foram abordados mais de 650 motoristas, que receberam folhetos explicativos e brindes sobre a campanha.

Em 2015, mais de 1.200 motoristas foram mobilizados no combate à exploração de crianças e adolescentes nas estradas brasileiras. Durante as blitze do Programa Na Mão Certa, os colaboradores reforçam a importância de acionar o Disque Denúncia (100) em caso de crimes contra crianças e adolescentes.

 

 

 

 

Sobre o Programa Na Mão Certa

Na Mão Certa é um programa da Childhood Brasil (Instituto WCF) que visa mobilizar governos, empresas e organizações do terceiro setor para o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. O programa faz parte do conteúdo dos treinamentos dos caminhoneiros que ingressam na Gerdau e é realizado em conjunto pelo Instituto Gerdau, responsável pelas políticas de responsabilidade social da Companhia e pela área de Logística da Empresa. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Organização Internacional do Trabalho (OIT).

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.