sexta-feira, 24 de Outubro de 2014 05:38h

Acordo entre CBF e clubes garantiu lista de Dunga só com estrangeiros

Acordo entre CBF e clubes garantiu lista de Dunga só com estrangeiros

O técnico, Dunga, anunciou nesta quinta-feira a lista de 23 convocados da seleção brasileira para os dois próximos amistosos do time nacional, contra Turquia, no dia 12 de novembro, em Istambul, e Áustria, seis dias mais tarde, em Viena. Depois de tantos apelos, o treinador finalmente decidiu ouvir os clubes brasileiros e não chamou nenhum jogador que atua no País para estes confrontos.
Dunga voltou à seleção brasileira após o fracasso na última Copa do Mundo e desde então conseguiu ótimos resultados. Em quatro partidas foram quatro vitórias, com oito gols marcados e nenhum sofrido. Entre elas, destaque para a boa vitória sobre a Argentina por 2 a 0, em amistoso disputado no último dia 11 na China, pelo Superclássico das Américas. No mais, a equipe brasileira bateu Colômbia e Equador, ambos por 1 a 0, e goleou o Japão por 4 a 0.
Desde o início do trabalho, Dunga deixou claro que sua intenção era promover uma renovação gradual na equipe, mesclando nomes que estiveram na última Copa com outros sem tanta experiência internacional. E mais uma vez ele fez isso na lista desta quinta-feira, que contou com a volta de Thiago Silva, ausente nas duas primeiras convocações do treinador por lesão, depois de ter sido o capitão da seleção na Copa do Mundo de 2014.
Ao contrário do que vinha acontecendo, no entanto, desta vez ele finalmente poupou atletas de clubes brasileiros, uma vez que os amistosos acontecerão em meio às retas finais do Brasileirão e da Copa do Brasil. O amistoso contra a Turquia, por exemplo, acontecerá exatamente no mesmo dia da primeira partida da decisão da Copa do Brasil.
Por conta disso, nomes presentes nas duas convocações do técnico até o momento, como Jefferson, Gil, Elias, Everton Ribeiro e Diego Tardelli, estão fora. A ausência dos jogadores que atuam no Brasil promoveu alguns retornos de atletas que já têm uma história na seleção, mas que não vinham sendo lembrados, como o goleiro Diego Alves, do Valencia, e o meia-atacante Lucas, do Paris Saint-Germain.
A opção de Dunga também abriu espaço para novidades. O goleiro Neto, da Fiorentina, e o atacante Douglas Costa, do Shakhtar Donetsk, voltam a ser convocados. Do Shakhtar, aliás, sai a principal novidade da lista: o atacante Luiz Adriano, que quebrou diversos recordes ao marcar cinco gols em um jogo de Liga dos Campeões, na última terça. Roberto Firmino, do Hoffenheim, e Casemiro, do Porto, são as maiores surpresas da lista.
Os confrontos contra Turquia, que acontecerá dia 12 às 16h30 (de Brasília), e Áustria, dia 18 às 16h, encerram o calendário da seleção brasileira em 2014. O ex-zagueiro da seleção, do São Paulo e da Ponte Preta Oscar foi confirmado nesta quinta-feira como auxiliar pontual de Dunga nestas partidas. Para o ano que vem, a CBF ainda não divulgou a realização de nenhum amistoso.
Confira a convocação da seleção brasileira:
Goleiros - Rafael Cabral (Napoli), Neto (Fiorentina) e Diego Alves (Valencia).
Zagueiros - David Luiz (Paris Saint-Germain), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Paris Saint-Germain) e Miranda (Atlético de Madrid).
Laterais - Mário Fernandes (CSKA Moscou), Alex Sandro (Porto), Filipe Luís (Chelsea) e Danilo (Porto).
Meio-campistas - Luiz Gustavo (Wolfsburg), Rômulo (Spartak Moscou), Fernandinho (Manchester City), Casemiro (Porto), Oscar (Chelsea), Roberto Firmino (Hoffenheim), Willian (Chelsea) e Philippe Coutinho (Liverpool).
Atacantes - Neymar (Barcelona), Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk), Douglas Costa (Shakhtar Donetsk) e Lucas (Paris Saint-Germain).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.