sexta-feira, 24 de Agosto de 2012 15:02h Gazeta do Oeste

Alexandre Mattos confirma contato com Alex e não descarta a contratação do meia para 2013

Sempre quando as portas do mercado internacional se abrem, a torcida do Cruzeiro fica na expectativa da chegada de um antigo ídolo: o meia Alex. De acordo com o diretor de futebol celeste, Alexandre Mattos, a cúpula cruzeirense não deixa de ficar em contato com o meio-campista (atualmente no Fenerbahçe-TUR) e não descarta a possibilidade de contratá-lo na próxima temporada.

 

 

"Há esta chance (de contratar o Alex na próxima temporada). Quando buscamos o Borges, muita gente falou que seria difícil e ele está aqui. No momento certo o Cruzeiro estará bem ativo na possibilidade de trazer o Alex de volta", afirmou Alexandre Mattos, em entrevista à Rádio Esportes FM.

 

O dirigente explica, porém, que não basta apenas contar com o amor de Alex com o Cruzeiro. O meia do Fener já deixou claro em diversas entrevistas que ficaria entre três clubes caso realmente retorne ao Brasil: Palmeiras, Cruzeiro ou Coritiba.

 

 

"Conversei com o Alex algumas vezes no meio do ano, na janela (internacional de transferências), mas ele falou que não poderia romper o contrato naquele momento. Falou de seu carinho e desejo sim de voltar ao Cruzeiro. Mas dentro de um contrato, de um negócio pensado, porque ele é um profissional. Não vamos ficar falando que só o amor vai fazê-lo voltar ao Cruzeiro. Mas nós temos esse desejo, esse sonho, de um dia trazer o Alex", ressaltou Mattos.

 

Alex tem contrato com o time turco até julho de 2013 e vive momentos de conflitos com o atual técnico, Aykut Kocaman, também ídolo do Fenerbahçe, clube no qual atuou como jogador entre 1988 e 1996.

 

 

Principal peça do Cruzeiro na temporada 2003, quando a equipe celeste conquistou a Tríplice Coroa (Mineiro, Copa do Brasil e Brasileiro), Alex também levou o Estadual de Minas Gerais em 2004 com a camisa estrelada antes de se transferir para o Fenerbahçe.

 

 

 

 

 

 

 

 

O TEMPO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.