segunda-feira, 10 de Dezembro de 2012 09:52h

Alexandre Mattos fala sobre planos para o Cruzeiro em 2013

Alexandre Mattos será o homem forte do futebol do Cruzeiro em 2013. O diretor de futebol do clube passou a ter mais poderes dentro da Raposa

Desde que o vice-presidente de futebol, José Maria Fialho entregou o cargo, semana passada.
Alexandre Mattos falou sobre o que espera para o Cruzeiro em 2013, sobre possíveis reforços e garantiu: Montillo não está à venda.

Sobre os  planos para o clube no próximo ano “Planejamento faz parte um conjunto de entrada e saída de jogadores e formatação de elenco. Não só elenco, mas a própria comissão técnica. Nós conseguimos antecipar algumas contratações, até mesmo antes da vinda do Marcelo Oliveira, claro que com o crivo de várias pessoas. Nós buscamos ainda dois ou três nomes. O elenco era o mesmo há quatro anos e foi se desmanchando, o que é natural. Nós procuramos fazer um ano o mais brando possível. Nós ficamos devendo pelo tamanho do Cruzeiro. Com uma filosofia de entender que o Cruzeiro precisa conquistar títulos, vamos buscar valores para agregar nosso elenco, que precisa ser melhorado, mas que já está com uma base bem firme.”
A torcida aguarda reforços com ansiedade, sobre isso Mattos colocou “Quem acompanha o dia a dia do Cruzeiro sabe do que precisamos. Quando você fala que vai buscar um reforço para a posição A, B ou C, normalmente as coisas ficam mais difíceis. Nossa assessoria de imprensa fez um levantamento e cerca de 38 nomes foram especulados nos últimos 30 dias. O Cruzeiro sabe onde precisa mexer, onde precisa se reforçar e buscar mais dois ou três reforços. Aí sim vamos nos reforçar. Até o dia 7 de janeiro, dia da apresentação para o início da próxima temporada, esperamos estar com tudo resolvido.”

Sobre algumas situações específicas como Wallyson, Montillo e o retorno de jogadores emprestados, o diretor enfatizou “ Sobre Wallyson, nós estamos conversando com os empresários do atleta para termos uma definição sobre o futuro do atleta. Na hora que tivermos uma decisão final sobre o assunto, passaremos para a imprensa. A gente tem uma formatação de 27, 28 atletas, mais alguns jogadores das categorias de base. Queremos trabalhar com um elenco de 32 atletas, o que é normal em todos os clubes do Brasil, portanto podemos aproveitar alguns atletas que retornam de empréstimo. Já sobre o Montillo, ele não está à venda. Montillo não está sendo leiloado. O Cruzeiro não tem interesse em se desfazer do Montillo. O Cruzeiro quer qualificar seu elenco, mantendo os jogadores com potencial técnico e trazendo novos talentos. É claro que se vier uma proposta que o Cruzeiro considere ser ideal para liberar qualquer atleta, nós vamos estudar. O que chegou ao Cruzeiro até agora foi muita sondagem e pouca prática. O único que colocou um número no papel foi o Santos, mas a proposta foi recusada. Não tem valor estipulado porque nós não queremos vender o Montillo.”

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.