segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014 09:21h Site Oficial do Cruzeiro

Alisson exalta conquistas de 2014 e agradece a confiança do treinador

Uma das maiores revelações da base estrelada nos últimos anos, Alisson vem se destacando no meio-campo do Maior de Minas

Em 2014, o armador, de 21 anos, disputou 27 partidas com o manto azul e marcou cinco gols, além de conquistar os campeonatos Mineiro e Brasileiro. Pela Seleção Brasileira sub-21, o jogador alcançou o troféu do Torneio de Toulon, na França, em junho, quando o camisa 29 fez um dos gols da goleada de 5 a 2, na final, diante do time da casa.

Contente como todos esses números, o talento cinco estrelas finaliza a temporada satisfeito com o que alcançou nestes últimos doze meses. O cruzeirense ainda lembrou-se de seu crescimento dentro do Tetracampeão, equipe pela qual se firmou como titular durante alguns jogos importantes na caminhada que culminou no quarto título nacional.

“Este foi um ano muito bom para mim. Graças a Deus pude me firmar aqui no Cruzeiro e na Seleção Brasileira sub-21, pois, em todas as vezes que fui convocado, me apresentei bem e ainda conseguimos um título. Aqui também não foi diferente, conquistamos o Mineiro e o Brasileiro. Foi um ano excelente e muito abençoado”, declarou.

Além do meia, o elenco campeão ainda conta com outros grandes frutos que vieram das categorias de base do Clube, como Mayke, Eurico e Lucas Silva. Alisson atribuiu o desenvolvimento destes atletas ao treinador Marcelo Oliveira, o qual sempre procura dar chances a jovens talentos do futebol brasileiro.

“Quero agradecer o Marcelo Oliveira pela oportunidade e pelo ensinamento que ele nos transmitiu, principalmente para nós que viemos da base. Assim como o Marcelo, todo o grupo está de parabéns pela temporada que fez. Nosso time apresentou um bom futebol e lutou pelo título em todas as competições que disputou”, complementou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.