sexta-feira, 23 de Setembro de 2011 13:19h Luciano Eurides

América ainda tem esperança de sair do rebaixamento

Os jogadores do América fizeram na manhã de ontem, na Vila Olímpica do Uberlândia, um treino visando ao jogo contra o Flamengo, sábado, no Engenhão. Os atletas que enfrentaram o Santos, na quarta-feira, fizeram um trabalho regenerativo na piscina, enquanto os demais ficaram no campo com o técnico Givanildo Oliveira, que orientou treino de finalização.


A delegação deixou Uberlândia e seguiu direto para o Rio de Janeiro. O lateral Marcos Rocha, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o zagueiro Lula, pela opção do treinador, retornam para Belo Horizonte. Em compensação, o volante Amaral e o zagueiro Otávio, que cumpriram suspensão contra o Santos, se juntam ao grupo no Rio de Janeiro.


O bom futebol apresentado no jogo desta quarta-feira, apesar da derrota de 2 a 1 para o Santos, em Uberlândia, mantém as esperanças de todos no clube de sair da zona de rebaixamento.


O técnico Givanildo lamentou a derrota em um jogo que faltou um pouco mais sorte para a equipe sair com um resultado melhor. “Tivemos uma bola na trave do Gilson e outra com Irênio no fim do primeiro do tempo. Tomamos dois gols de bola parada. O time teve personalidade, porque tomamos o primeiro gol e poderíamos sofrer o segundo e o terceiro. Mas continuamos jogando bem, empatamos em seguida. No final, conseguimos algumas boas jogadas, só que faltou um pouco de sorte. O time está procurando o gol, mas ele não acontece. Eu acredito que isso é azar. Tem gente que não acredita nessas coisas, mas eu acredito”, disse o técnico.


Nos minutos finais, o América pressionou em busca do empate, mostrando força para correr mais que o adversário. Agora, Givanildo promete manter o trabalho intenso em busca da reabilitação, para trazer a sorte para o lado americano. “É claro que a gente não pode esperar a sorte acontecer de braços cruzados. Nós estamos trabalhando para mudar essa situação. É possível conseguir a recuperação. Eu acredito e os jogadores também”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.