quarta-feira, 24 de Outubro de 2012 09:13h Gazeta do Oeste

América bate o Boa por 3 a 2 e conquista terceira vitória seguida

Em um jogo repleto de lances emocionantes e com duas expulsões – uma para cada lado -, o América derrotou o Boa Esporte, por 3 a 2, de virada, na noite desta terça-feira

Em um jogo repleto de lances emocionantes e com duas expulsões – uma para cada lado -, o América derrotou o Boa Esporte, por 3 a 2, de virada, na noite desta terça-feira, no Estádio Independência, pela 32ª rodada da Série B do Brasileiro. Essa foi a terceira vitória consecutiva do Coelho no campeonato. Antes de bater a equipe de Varginha, o time de Mauro Fernandes derrotara Guaratinguetá (2 a 1) e Guarani (3 a 0), ambos fora de casa.

 

O resultado positivo deixou o América com 49 pontos, na sétima colocação. Agora, o alviverde está há 10 pontos de distância do último time do G-4, o Atlético-PR, que empatou na rodada com o Guarani, por 1 a 1. Para continuar sonhando com o acesso à divisão de elite, o Coelho precisará vencer mais uma como visitante no próximo sábado, quando enfrentará o Joinville, em Santa Catarina.

 

Primeiro tempo

 

O Boa Esporte abriu o placar logo aos 4’, quando Francismar foi derrubado pelo zagueiro Dirceu na grande área. O árbitro Emerson de Almeida Ferreira não titubeou e assinalou o pênalti. Na cobrança, o atacante do Boa Esporte chutou no canto direito de Neneca, que pulou para o outro lado: 1 a 0.

 

Em desvantagem, o América não se acomodou e teve quatro chances incríveis de empatar, porém, os jogadores esbarraram nas grandes defesas do goleiro Wilson Júnior, que estava em noite inspirada.

 

Aos 10’, Ewerthon recebeu a bola na grande área e mandou uma bomba com a perna direita, mas Wilson Júnior salvou sua meta. Aos 14’, em cobrança de falta, Agenor recebeu um cruzamento e cabeceou no cantinho. Contudo, o goleiro do Boa Esporte fez mais uma grande defesa. No minuto seguinte, Fábio Júnior arriscou de fora da área e o arqueiro defendeu novamente. No rebote, Agenor chutou em cima de Wilson Júnior. Até a trave salvou o time de Varginha. Aos 18’, após escanteio cobrado da direita, Fábio Júnior cabeceou forte e mandou no poste direito.

 

Na primeira oportunidade de revidar os ataques do América, o Boa Esporte ampliou o placar. Aos 27’, Radamés, em cobrança de falta, mandou direto para o gol: a bola passou por cima da barreira e entrou no ângulo esquerdo de Neneca: 2 a 0.

 

Aos 38’, o Coelho finalmente conseguiu balançar a rede com um golaço do lateral-esquerdo Bryan. Na cobrança de falta da meia direita, o jogador do Coelho chutou de canhota. A bola fez uma curva e entrou no canto da rede do goleiro Wilson Júnior: 2 a 1.

 

Segundo tempo

 

A etapa final foi movimentada, mas não teve tantos lances de gol como no primeiro tempo. O Boa Esporte se acomodou e o América empatou aos 28’. Patrick cobrou lateral para dentro da área, a bola ficou viva na marca do pênalti, a zaga do Boa não conseguiu afastar e Fabio Júnior girou o corpo para chutar para o fundo do gol de Wilson Junior: 2 a 2.

 

A comemoração do América foi frustrada pela expulsão de Patrick, que recebeu o segundo cartão amarelo aos 31’. Mesmo com um homem a menos, o Coelho virou o jogo aos 35’, mais uma vez, com Fábio Júnior. Bryan tocou para o atacante dentro da área. Ele recebeu em condição legal e chutou de canhota. A bola bateu na trave esquerda antes de entrar para o fundo do gol de Wilson Júnior: 3 a 2.

 

O Boa Esporte ainda teve um jogador expulso. Gabriel cometeu falta em Rodriguinho e recebeu o segundo amarelo aos 38’.

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.