segunda-feira, 4 de Abril de 2016 13:36h Atualizado em 4 de Abril de 2016 às 13:39h. Site oficial America-MG

América derrota o Boa Esporte e se aproxima das semifinais do mineiro

Coelho vence por 2 a 0 no Independência e consolida sua posição dentro G4 do Estadual

O América segue imbatível na Arena Independência na atual temporada. Na noite deste domingo (3/4), o time americano venceu o Boa Esporte por 2 a 0 com muita tranquilidade, fazendo a festa da torcida americana que compareceu à casa do Coelho. O placar do jogo válido pela 10ª rodada no campeonato foi aberto pelo atacante Victor Rangel, no primeiro tempo, e o lateral esquerdo Bryan ampliou, no segundo, ampliou a vantagem americana.

A vitória fez o América se consolidar no grupo dos quatro primeiros colocados do Estadual. Na atual temporada foram oito jogos disputados ems a casa do Coelho, com seis vitórias e dois empates. Na tabela do Campeonato Mineiro, o time americano está na quarta colocação com 17 pontos, 3 a mais do que o Villa Nova, quinto colocado.

Restando apenas uma rodada para o término da primeira fase do Estadual, o próximo desafio do América será no domingo (10/4), às 16h, contra a URT, em Patos de Minas. Um empate na última rodada já garante a classificação do Coelho para as semifinais da competição.

 

 

INÍCIO FULMINANTE

Os 10 primeiros minutos do time americano na partida contra o Boa Esporte foram fulminantes. Marcando a saída do adversário e dominando a posse de bola, o América iniciou o jogo pressionando a equipe do interior mineiro. Aos 2 minutos, a primeira oportunidade criada terminou em gol do meio campo Rafael Bastos, mas a arbitragem assinalou impedimento na jogada.

Após o gol anulado, o Coelho chegou novamente com o meia Osman em um forte e perigoso chute na área que acabou indo para fora. Mas não demorou muito para que a pressão intensa resultasse em vantagem americana. Aos 10 minutos, Rafael Bastos finalizou e a zaga adversária cortou o lance. Na sobra da jogada, o atacante Victor Rangel mostrou categoria, emendando um lindo voleio para abrir o placar no Independência.

Com a vantagem no placar, o time americano diminuiu o ritmo intenso do começo do jogo e a partida ficou mais equilibrada. A equipe de Varginha tentava criar, mas a marcação americana conseguia neutralizar todas as investidas. Mesmo jogando de forma menos ofensiva, o Coelho ainda assustava o goleiro adversário, principalmente em chutes de fora da área.

No fim do primeiro tempo o Coelho tomou o único grande susto na partida, quando o meia Sillas chutou forte de fora da área. O goleiro João Ricardo acompanhou a jogada, mas não precisou fazer a defesa, já que a bola foi para fora. Após um início de muita intensidade, o América foi para o intervalo vencendo o Boa Esporte por 1 a 0.

 

 

 

Com a situação confortável no jogo, o América passou a valorizar muito a posse de bola, mas não deixou de lado a agressividade. Prova disso é que, aos 6 minutos, Victor Rangel recebeu dentro da área em velocidade e chutou cruzado, mas o goleiro Rodolfo realizou grande defesa.

Com 22 minutos de segundo tempo, o técnico Givanildo Oliveira foi obrigado a modificar a configuração americana em campo, já que o zagueiro Adalberto se lesionou. A alteração deu lugar ao zagueiro Sueliton, e pouco tempo depois, o treinador americano passou pelo mesmo dilema. A decisão foi  colocar o meio campo Matheusinho, no lugar de Rafael Bastos, que saiu lesionado.

O tempo passava e o time americano ditava o ritmo do jogo com tranquilidade. O Coelho não sofria na defesa e administrava a vantagem, chegando vez ou outra com perigo no ataque. Aos 40 minutos, Givanildo mudou o time pela última vez ao tirar o meio campo Osman para a entrada do atacante Maranhão. O placar de 2 a 0 permaneceu, aproximando o América da vaga nas semifinais do Estadual.

MAIS UM

Assim como aconteceu no primeiro tempo, o time americano iniciou a segunda etapa impondo um forte volume de jogo ofensivo. Logo aos 3 minutos, a vantagem americana no placar foi ampliada. Osman avançou muito bem pelo lado direito e cruzou com precisão para dentro da área. Livre de marcação, Bryan apareceu bem e finalizou de primeira com o pé esquerdo, vencendo o goleiro do Boa e fazendo o segundo do Coelho na partida.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.