sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012 14:31h Luciano Eurides

América é o melhor mineiro na Copa São Paulo de Futebol Junior

O último dos mineiros na 43ª Copa São Paulo de Futebol Junior entrou em campo na tarde de ontem na cidade de Jaguariúna. O adversário, Corinthians, maior favorito ao título depois da eliminação do Santos frente o Desportivo Brasil. O time paulista venceu por 2x0.
Diferente da equipe paulista, que já estava na cidade, a delegação americana teve que viajar 167 km, aproximadamente, deslocando-se de São Carlos,onde venceu o Red Bull por 3 a 1, na última terça-feira, e garantiu classificação, mantendo-se como único representante mineiro na competição. Mesmo com todo o cansaço e pouco tempo para recuperação os desfalques eram a maior preocupação. O meia Renatinho foi expulso frente e Red Bull; o volante Luis Felipe, substituído com dores no joelho na partida contra o São Bernardo, deixou a delegação e retornou para fazer exames em Belo Horizonte. “O atleta já está em BH e vamos providenciar os exames dele entre para sabermos o grau da lesão”, informou o coordenador das categorias de base do clube, Ricardo Luis.Com a lesão de Luis Felipe, o treinador poderia solicitar a ida de um dos dois atletas de linha que foram escritos, o volante Andrade ou o atacante Assis, e ficaram em Belo Horizonte. “Como o tempo foi muito curto entre a decisão do retorno do Luis e a partida contra o Corinthians, nenhum dos dois atletas viaja para SP, pois não daria tempo do jogador se apresentar para o Milagres.”, explicou Ricardo.O time também não contou com o volante Diego, suspenso pelo segundo cartão amarelo.
No primeiro tempo o Corinthians dominou o América. O time mineiro saiu para o jogo apenas nos minutos finais do jogo. O time paulista treinado por Narciso saiu logo na frente, com gol de Mateusinho, aos quatro minutos ele abriu o placar. O Corinthians foi arrasador nos primeiros minutos. Depois do gol o alvinegro teve chances para aumentar, não teve competência e o América foi crescendo no jogo. As duas grandes chances do América obrigaram Mateus Caldeira, goleiro corintiano a trabalhar.
No intervalo Mateus, lateral direito do América falou da atitude do América. “Estudamos muito o time deles e vimos que são bons, tocam muito a bola e tem muita posse de bola, estamos tentando acertar”, disse. Já Leonardo do Corinthians lamentou não ter matado logo o jogo. “Tivemos oportunidade e tínhamos de ser perfeitos”, lembrou.
No intervalo o treinador Milagres tirou Mateus e entrou com o divinopolitano Guilherme Xavier.  E a postura do time foi diferente obrigando o zagueiro Antônio Carlos a jogar contra o próprio patrimônio e a bola foi no travessão. A substituição de Milagres deu certo, Guilherme acertava melhor os passes em especial com Junior Lemos, que chaga muito bem ao ataque. Guilherme ainda trabalhava bem a bola com Assis, e aos 20 minutos ele mesmo tentou de pé esquerdo mais a bola subiu muito. A marcação ainda estava muito atrás, isso deixava o treinador americano irritado.
O time paulista aumentou o marcador aos 32 minutos com Leandro, ele recebeu na frente e com muita facilidade dominou e tocou na saída do goleiro Pedro e na comemoração acabou cortando o supercílio. O América ainda manteve a esperança, Xavier passou bem a bola para a esquerda e no cruzamento forte, a zaga tirou a bola. O desespero não combina com o Coelho, restando cerca de dez minutos os ataques já não eram tão eficazes. Ao final do jogo Junior Lemos considerou que o time adversário jogou melhor e mereceu a vitória embora a arbitragem tenha pressionado a equipe mineira. “Não era nosso dia, não jogamos tudo que podíamos, mas o árbitro fica acusando nossos jogadores o tempo todo e falei com ele que não é só a torcida deles, tem a nossa também e eu agradeço a todos que vieram. Lutamos e corremos muito, como sempre fazemos, porém, hoje não foi um dia bom para a gente. A equipe do Corinthians jogou melhor e mereceu a vitória. Agora é voltar para Belo Horizonte de cabeça erguida e continuarmos o bom trabalho que estamos fazendo porque o ano está só começando”, falou se referindo a várias inversões, uma deles onde Guilherme Xavier tomou um  tapa no rosto e ainda recebeu cartão amarelo.
O Corinthians segue em busca o oitavo titulo, o último foi em 2009. O time campeão do Brasileiro Sub 20 volta para Minas Gerais e deve ganhar uma folga. 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.