sexta-feira, 3 de Outubro de 2014 05:58h

América recupera 15 pontos na série B

O América conseguiu recuperar 15 dos 21 pontos retirados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela escalação irregular do lateral-esquerdo, Eduardo.

O recurso do América foi julgado na manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, e os auditores entenderam, por unanimidade, que o clube deve ser punido apenas nas partidas em que o jogador atuou. Além disso, foi multado em R$ 20 mil. Com isso, o time saiu da lanterna para a 10ª posição, com 34 pontos.

O América foi defendido pelos advogados, Mário Bittencourt (diretor e advogado do Fluminense) e Henrique Saliba. Ele disse que releu o regulamento e chegou à conclusão de que o América cumpriu o previsto no documento. No entanto, com base no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), reconheceu que o clube merecia ser punido apenas nas partidas em que Eduardo atuou.


A situação irregular de Eduardo foi denunciada ao STJD pelo Joinville. Conforme o clube catarinense, Eduardo havia atuado por dois clubes diferentes – São Bernardo e Portuguesa – em competições da CBF na atual temporada, antes de ser contratado pelo Coelho.


Com a camisa do América, o lateral disputou um jogo e foi relacionado em outros três. Por isso, o Joinville alegou que o clube mineiro infringiu o artigo 214 (que trata da escalação de atletas irregulares) e também artigo 49 do Regulamento Geral de Competições 2014 da CBF, que diz que "um clube não poderá incluir em sua equipe, na mesma temporada, um atleta que já tenha atuado por dois outros clubes, em quaisquer das competições coordenadas pela CBF.


No primeiro julgamento, o clube foi punido com a perda de 21 pontos, situação parcialmente revertida nesta quinta, com a recuperação de seis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.