sábado, 3 de Setembro de 2011 13:17h Luciano Eurides

América sente a maratona de jogos

Além da difícil situação no Campeonato Brasileiro, o América enfrenta mais um duro adversário: o cansaço. Os jogos encavalados têm tirado o sono da comissão técnica. Depois do empate sem gols com o Bahia, quinta-feira à noite, antes de pensar no próximo adversário, o Vasco, o técnico Givanildo Oliveira e sua comissão técnica se preocupam na recuperação física dos jogadores.


O próximo jogo é domingo e teve seu horário antecipado para as 16:00, estrangulando ainda mais o tempo de recuperação. A delegação deixou Salvador no meio da tarde desta sexta-feira. O objetivo é aproveitar todo o tempo possível para recuperar o grupo. Os jogadores fizeram um treino regenerativo na academia do Hotel Stella Mares, sob o comando do preparador físico Wellington Vero, que depois liberou os jogadores que começaram jogando para uma atividade na piscina. "É uma atividade descontraída, mas com o mesmo objetivo de recuperação", comenta o preparador, que ficou mais tempo com os jogadores que não atuaram ou entraram no segundo tempo na academia.


O técnico Givanildo não perdeu jogador por contusão ou cartão amarelo. Ele, no entanto, ainda não terá o artilheiro Alessandro e o zagueiro Gabriel, que ficaram em Belo Horizonte tratando de suas contusões. Perguntado após o jogo se o ataque teria sido o ponto falho no empate sem gols com o Bahia, o treinador observou que as constantes mudanças é que tem atrapalhado. "O problema é que a cada jogo usamos uma formação diferente, por contusão ou suspensão. Até que não temos tido problemas de gols, pois marcamos nove nos últimos jogos. O problema é que sofremos muito gols também. No jogo contra o Bahia, não. Tivemos um bom volume ofensivo e não sofremos gols. Tivemos um equilíbrio melhor", avaliou o treinador.


O grupo deixa Salvador às 16:30 e tem chegada prevista para as 18:15 em Confins. Os jogadores serão liberados e se reapresentam neste sábado, às 09:00. Farão um único treino e, em seguida, iniciarão a concentração para o jogo contra o Vasco, domingo, às 16:00, na Arena do Jacaré.

 

 

HOMENAGEM


Antes do jogo de domingo, os atletas Rodriguinho, Thiago Carleto e Marcos Rocha serão homenageados com uma placa pelo gol marcado contra o Fluminense. O "gol de placa" feito por Rodriguinho, com participação dos outros dois, irá inaugurar a galeria da Arena do Jacaré.

 

APOIO


Os jogadores americanos esperam receber o apoio da torcida no domingo. "O campeonato será de superação. Temos que vencer em campo e conquistar uma ou mais vitórias fora de casa. E, na Arena do Jacaré, contamos com nosso torcedor até o fim. O Vasco é um time forte, mas vamos lutar muito em busca da vitória", prometeu o guerreiro Kempes, novo símbolo da raça americana.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.