segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 05:02h Gazeta do Oeste

Aos 20 anos, Neymar supera Messi e CR7 juntos com esta mesma idade

 Titular absoluto da seleção brasileira e apontado como o melhor jogador do país na atualidade, Neymar parece não ter limites e segue empenhado em bater recordes. Embora não tenha tido grandes atuações nas duas últimas partidas do Santos no Brasileirão, diante de Náutico (empate de 0 a 0) e Ponte Preta (derrota de 1 a 0), o camisa 11 melhora seu rendimento a cada temporada e surpreende. Aos 20 anos, o atacante santista já soma 139 gols em 234 jogos oficiais na carreira, superando o número de tentos que Messi e Cristiano Ronaldo tinham juntos com esta mesma idade.

 

Há quem considere absurda a comparação de Neymar com o argentino ou com o português. Mas, se no atual momento pode existir uma grande distância entre o futebol do craque santista e o dos astros de Barça e Real, a trajetória do brasileiro chega a superar a dos rivais no quesito gols de maneira gritante. E o ano de 2012 contribui bastante para este feito, já que, só nesta temporada, o camisa 11 marcou o maior número de gols e tem sua melhor média em um ano, considerando suas participações na seleção brasileira e no Peixe.

 

Desde que estreou pelo Santos no dia 7 de março de 2009, na vitória de 2 a 1 sobre o Oeste, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, o craque santista se acostumou a fazer dos gramados do Brasil verdadeiros palcos, transformando jogadas simples em lances geniais.

 

 De lá para cá, o máximo de gols que Neymar havia feito em um só ano tinha sido em 2010, quando balançou as redes adversárias em 44 oportunidades e também registrou sua melhor média (0,68) até então. Porém, tal marca já foi superada. Em 2012, o camisa 11 marcou 50 gols em 60 jogos e chegou a uma incrível média de 0,83 por jogo. Aos 20 anos, Messi e Cristiano Ronaldo somavam 87 gols – 51 do primeiro e 36 do segundo – em 279 partidas oficiais com seus respectivos clubes e seleções.

 

Artilheiro do Campeonato Paulista (com 20 gols) e da Libertadores (com oito), o craque santista tem tudo para fechar esta temporada 2012 em grande estilo. O motivo? Os cinco duelos restantes do campeonato nacional podem render mais um feito histórico ao craque santista. Com 38 gols até o momento, ele pode se tornar o jogador que marcou mais vezes pelo Peixe em uma mesma temporada após a era Pelé. Ainda precisa de oito gols na reta final para ultrapassar Serginho Chulapa, que balançou as redes 45 vezes em 1983.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GLOBO.COM

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.