quarta-feira, 29 de Agosto de 2012 11:40h Gazeta do Oeste

Após derrota para o Ceará, Milagres volta a se queixar da preparação física dos atletas

A derrota do América diante do Ceará, por 3 a 1, nessa terça-feira, no Estádio Independência, causou uma verdadeira dor de cabeça para o técnico Milagres. Visivelmente irritado na coletiva de imprensa após o jogo, o comandante alviverde voltou a se queixar da preparação física de seus jogadores.

 

 

“Parece que é chover no molhado, mas não é. Nossa equipe ainda carece de força física para aguentar o ritmo das partidas. O principal problema é que eles não estão conseguindo cumprir a parte tática por causa do condicionamento físico. Chega ao final do jogo e a perna começa a pesar. Nosso departamento físico já detectou esse déficit na equipe. Mas o Marcelo Luchesi (preparador físico) não faz milagres e muito menos o Milagres. Estamos monitorando a carga de trabalho dos jogadores. Essa é uma realidade. Os adversários vão e voltam do ataque para a defesa durante os 90 minutos. Nossa equipe não consegue fazer isso”, lamentou.

 

Milagres evitou fazer críticas à comissão técnica anterior, que fora comandada pelo demissionário Givanildo Oliveira, mas ressaltou que o problema de condicionamento físico no América vem dos trabalhos passados.

 

 

“Não sei o que foi feito anteriormente, mas algo errado tem. Não quero ser antiético. Estava na base e apenas dava uma paquerada nos treinos do profissional. Não sei o real motivo dessa deficiência”, ponderou. 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

apos, derrota, ceara, milagres, volta, queixar, preparacao, fisica, atletas

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.