segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 04:23h Gazeta do Oeste

Após empate "justo", Mauro Fernandes ainda sonha com o acesso

O técnico do América, Mauro Fernandes, considerou o empate com o Joinville, por 2 a 2, um resultado justo. Porém, o treinador não deixou de lamentar os dois pontos perdidos, principalmente pelo erro de marcação no lance do segundo gol do JEC. Apesar de também considerar o resultado ruim para as duas equipes, o comandante mantém sua confiança na busca pela quarta vaga do G-4.

“Foi um jogo muito disputado. O América deixou escapar uma vitória. Tivemos um descuido no segundo gol. O cara veio pelo meio, sozinho, para fazer o gol. Ambas as equipes tiveram oportunidades depois do empate. O resultado foi justo. E se o América tivesse jogado todo o campeonato assim, a situação seria outra, totalmente diferente. Mas ainda temos esperança, vamos sonhar com ela. Não foi chegar aqui e dizer que acabou o campeonato para nós”, declarou.

Fernandes destacou a superação dos jogadores do Coelho, mas não escondeu a sua irritação com o excesso de erro de passes de alguns. “Erramos passe de três metros. Treinamos todos os dias e o trabalho é esse. Não podemos errar tanto como erramos. Se todos os jogadores estivessem dentro da normalidade, talvez tivessem uma vitória até maiúscula. Mas tivemos algumas peças que não estiveram dentro de seu melhor e foi esse o motivo de minha irritação na beira do campo”, afirmou o técnico americano.

Mauro Fernandes ainda reclamou da marcação de seus comandados nos gols do Joinville. “Houve uma falta de atenção no segundo gol. No primeiro, houve um desvio na cobrança de escanteio, que havia mostrado para eles como o Joinville joga. Mas fiquei satisfeito porque os jogadores buscaram uma superação. As duas equipes tiveram deslizes como também tiveram muitos pontos altos no jogo”, comentou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.