sexta-feira, 10 de Agosto de 2012 08:37h Gazeta do Oeste

Após folga, Galo volta a campo e vence o Coritiba

Após dias de descanso forçado no Campeonato Brasileiro, por conta do jogo adiado contra o Flamengo, o Atlético voltou a campo nesta quinta-feira e manteve a sua rotina de bons resultados.

Após dias de descanso forçado no Campeonato Brasileiro, por conta do jogo adiado contra o Flamengo, o Atlético voltou a campo nesta quinta-feira e manteve a sua rotina de bons resultados. No Independência, a torcida fez a festa para ver o triunfo ante o Coritiba.

 

O resultado de 1 a 0, com gol de Réver, fez o time de Cuca chegar aos 35 pontos, ultrapassar o Vasco novamente e ainda ter a tranquilidade de contar com um jogo a menos que os rivais. Apesar da vitória cruzmaltina na quarta-feira, o Atlético retomou a ponta do Campeonato Brasileiro.

 

Na próxima rodada, o Atlético encara o Vasco no famoso “jogo de seis pontos”, no Independência. A partida será domingo, às 16 horas, e o estádio estará novamente lotado. O Coritiba tenta a sorte contra o Corinthians, em casa, domingo, às 16 horas.

 

Primeiro tempo: Galo chega perto, mas não marca

 

 

Foram pelo menos três boas chances de gol para o Atlético marcar na primeira parte do jogo. Mas a bola não entrou na meta de Vanderlei, ora por competência do goleiro do Coritiba, ora por falta de capricho dos atacantes alvinegros.

 

As principais jogadas ofensivas foram do time de Cuca. Ronaldinho desequilibrou no início do jogo, com ótimo passe e depois lançamento para Jô e Bernard tentarem o gol. No primeiro lance, o atacante bateu em cima de Vanderlei. No segundo, o ponta esquerda pecou no chute.

 

 

Depois, Bernard chegou perto novamente de abrir o placar, com bom chute forte de fora da área. Mas a bola passou ao lado da meta paranaense. Eis que o Coxa mostrou a sua força. Everton Costa foi lançado em profundidade, ficou cara a cara com Victor, mas bateu para fora.

 

Em determinado lance, Réver, que depois marcaria um gol, se complicou com a bola ao tentar dar um chapeu no adversário na zona defensiva. O Coritiba criou um lance perigoso no ataque, mas a defesa alvinegra conseguiu se safar.

 

 

No fim, foi a vez de Guilherme aparecer. Aos 45 minutos,, ele deu um ótimo chute no ângulo de Vanderlei, que fez ótima defesa, impedindo o gol do Galo.

 

Segundo tempo: gol no início dá tranquilidade

 

Logo aos 2 minutos, o torcedor atleticano pôde soltar o grito de gol da garganta. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio na cabeça de Réver, que balançou as redes paranaenses.

 

 

O Atlético teve mais tranquilidade para administrar o resultado e conquistar os três pontos. O Coritiba tentou o empate, mas pouco criou.

 

Um lance de perigo aconteceu aos 14 minutos. Lincoln cobrou falta e Pereira cabeceou, mas a bola foi para fora. Depois, o Coxa pouco criou.

 

 

Dois lances que chamaram a atenção foram de cotoveladas de jogadores do Coritiba. Primeiro, Leonardo acertou Leonardo Silva no supercílio. O defensor alvinegro sangrou muito e ficou irritado. Mas o árbitro Pablo Alves não puniu o atacante adversário.

 

Depois, Rafinha desferiu um golpe em Leandro Donizete. Desta vez, o árbitro agiu e expulsou o meia-atacante do Coritiba.

 

 

Atlético 1 x 0 Coritiba

 

Atlético: Victor, Marcos Rocha (Fillipe Soutto), Leonardo Silva, Réver e Junior César; Leandro Donizete, Serginho, Ronaldinho e Bernard (Escudero); Guilherme e Jô (André)
Técnico: Cuca

 

 

Coritiba: Vanderlei; Gil, Pereira, Escudero e Lucas Mendes; Junior Urso, França (Thiago Primão), Robinho e Lincoln (Rafinha); Everton Costa e Leonardo
Técnico: Marcelo Oliveira

 

Gol: Réver (ATL, 2min, 2ºT)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Guilherme, Ronaldinho (ATL), Escudero, Robinho, Everton Costa, Leonardo, Rafinha (COR)
Cartão vermelho: Rafinha (COR)
Público/renda: 19.288 pagantes/R$ 635.325,00

Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: Quinta-feira, 9 de agosto de 2012, às 21 horas
Árbitro: Pablo dos Santos Alves/ES (Asp. Fifa)
Assistentes: Ramiro Santos Candido/ES (CBF) e Vanderson Antonio Zanoti/ES (CBF)

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.