terça-feira, 11 de Setembro de 2012 10:18h Gazeta do Oeste

Após goleada em casa, Cristóvão Borges pede demissão do comando do Vasco

A goleada sofrida em casa por 4 a 0 para o Bahia na noite do último domingo custou caro para Cristóvão Borges. Em entrevista coletiva realizada na tarde desta segunda-feira, o presidente Roberto Dinamite anunciou que o ex-auxiliar de Ricardo Gomes pediu demissão e não é mais o técnico do Vasco da Gama para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Depois de quatro jogos sem vencer na competição nacional, o treinador viu a distância para os líderes aumentar, assim como as críticas da torcida. A vitória por 2 a 0 diante da Portuguesa na 21ª rodada gerou uma certa estabilidade para o profissional no clube carioca, mas o empate contra o Náutico e a derrota vexatória para o Bahia deixaram Cristóvão sem condições de se manter no cargo.

O agora ex-técnico cruz-maltino revelou durante a coletiva que pensou na demissão desde o final da partida deste domingo. Após conversas com o elenco e a diretoria, o profissional decidiu se desligar do clube que comanda desde o dia 31 de agosto de 2011. A data coincide com o AVC (acidente vascular cerebral) sofrido pelo “titular” Ricardo Gomes. Na estreia, venceu o Ceará por 3 a 1 em São Januário.

No banco de reservas, Cristóvão Borges foi vice-campeão brasileiro, lutando até a última rodada pelo título e semifinalista da Copa Sul-americana, quando caiu diante da Universidad de Chile. Na Libertadores deste ano, amargou uma eliminação nas quartas de final para o Corinthians.

No início do ano, foi derrotado nas finais da Taça Guanabara e da Taça Rio. Em 70 partidas no cargo de técnico, Cristóvão venceu 35, empatou 17 e perdeu apenas 18, alcançando um aproveitamento de 58,1%. O treinador acabou envolvido em polêmicas com o experiente meia Felipe, que reclamou diversas vezes das poucas oportunidades como titular e da maneira como era obrigado a atuar.

Neste final de semana, Felipe desfalcou a equipe para o confronto com o Bahia devido a uma lesão muscular, mas foi flagrado jogando futevôlei em uma praia carioca no domingo durante a manhã. Os médicos do clube contemporizaram e afirmaram que o jogador já estava recuperado.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.