quinta-feira, 2 de Julho de 2015 11:26h

Argentina dá show e faz a final da Copa América com o Chile

A Argentina está de volta à final da Copa América

Em sua melhor atuação nesta edição do torneio, a equipe de Gerardo Martino não deu qualquer chance ao Paraguai e goleou sem piedade os algozes do Brasil nesta terça-feira por 6 a 1, na cidade de Concepción. Agora, disputará o título com os donos da casa, os chilenos, no confronto entre as duas melhores seleções da competição.
Esta será a terceira final da Argentina nas últimas quatro edições da Copa América, mas a equipe não a vence desde 1993. Foi há 22 anos, aliás, justamente na edição do Equador do torneio continental, que o país conquistou seu último título com a seleção principal.
Para acabar com esse jejum, a Argentina precisa vencer o Chile no sábado, em Santiago, às 17h (de Brasília). Será o confronto do melhor elenco, o argentino, que nem sempre foi brilhante, mas nesta terça exibiu toda sua qualidade, com a equipe que mostrou o melhor futebol do torneio até o momento, a chilena.
O Paraguai, por sua vez, perdeu a chance de repetir a campanha de quatro anos atrás, quando chegou à final na Argentina, mas superou as expectativas. Se passou pela burocrática Seleção Brasileira nas quartas de final, sucumbiu à evidente superioridade de uma equipe argentina em dia inspirado.
O Bayern de Munique confirmou nesta quarta-feira a contratação do brasileiro Douglas Costa. O meia, que integrou o grupo da Seleção Brasileira na Copa América, aguardou o fim da competição no Chile para acertar sua transferência do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, para o clube alemão comandado pelo técnico Josep Guardiola. "É um sonho que se torna realidade", afirmou o brasileiro de 24 anos, que assinou contrato até junho de 2020. "Estou orgulhoso de ser um jogador do Bayern, seguido os passos de tantos grandes jogadores brasileiros", disse o meia, revelado pelo Grêmio.
O Bayern não revelou os valores envolvidos na negociação, mas a imprensa alemã estima que o clube tenha desembolsado 28 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões). Para selar o acerto, Douglas rescindiu seu contrato com Shakhtar, que seria finalizado somente em 2018. "Douglas Costa será um bom reforço para o nosso time. Ele tem grande habilidade técnica, um poderoso chute de canhota. É muito ágil e extremamente rápido", elogiou o diretor esportivo do clube alemão, Matthias Sammer. Douglas Costa, que vestirá a camisa número 11, terá a companhia dos brasileiros Dante e Rafinha no time alemão.
O meia é o quarto jogador que defendeu a Seleção Brasileira no Chile a trocar de time ao fim da Copa América. Antes dele, o meia Roberto Firmino deixou o alemão Hoffenheim para defender o Liverpool, na Inglaterra. O zagueiro Miranda se transferiu do Atlético de Madrid, da Espanha, para a italiana Juventus, vice-campeã europeia. E Robinho anunciou na terça que está deixando o Santos. Ele ainda não anunciou seu destino.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.