quarta-feira, 10 de Outubro de 2012 09:03h Gazeta do Oeste

Assessor de Alex nega pré-contrato com Coritiba

”Isso é mentira. Não existe nada apalavrado com nenhum clube, nenhum pré-contrato assinado, nenhuma reunião agendada, nenhum compromisso de prioridade.", disse.

Guerra de informações. Assim a assessoria do meia Alex definiu as notícias que circularam nesta terça-feira na imprensa a respeito do retorno do armador ao Brasil. O jornal paranaense Gazeta do Povo publicou que o jogador já tem um acordo verbal firmado com o Coritiba de contrato por dois anos. Já a coluna De Prima, do diário Lance, revelou que o craque tem uma reunião marcada com a diretoria do Palmeiras para o dia 18 deste mês.

 

Em contato com o Superesportes, o assessor de Alex, Acaz Feleger, negou com veemência ambas as informações e garantiu que o atleta só sentará para negociar com cada clube após o desembarque no Brasil, previsto para o dia 20 deste mês.

 

”Isso é mentira. Não existe nada apalavrado com nenhum clube, nenhum pré-contrato assinado, nenhuma reunião agendada, nenhum compromisso de prioridade. As possíveis reuniões ocorrerão depois da chegada do Alex no Brasil e ele ouvirá todas as propostas. O que está acontecendo é uma guerra de informações da imprensa”, disparou Feleger.

 

O assessor aproveitou para explicar que Alex tem conversado com os clubes por telefone e negociará pessoalmente seu futuro, sem o auxílio de nenhum agente. “Não tem empresário. O Alex vai falar diretamente com o Gilvan, o César Sampaio no Palmeiras e no Coritiba ele fala até com o porteiro, se ele quiser, mas não existe empresário negociando”.

 

Felleger ainda explicou que Alex só recebeu sondagens de Cruzeiro, Palmeiras, Coritiba e Grêmio. Segundo o assessor, o meia não conversou com nenhum dirigente do Santos. Um falso empresário teria oferecido o jogador ao Peixe.

 

O diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes, confirmou à reportagem que o clube aguarda o retorno de Alex ao Brasil para agendar uma reunião e oficializar sua proposta. “O presidente Gilvan se prontificou a ir para a Turquia negociar, mas o Alex pediu que aguardasse seu retorno, pois não tem pressa para definir seu futuro. Ele garantiu que não acertaria com nenhum clube sem antes ouvir a proposta do Cruzeiro e negociar conosco”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.