sexta-feira, 27 de Julho de 2012 15:19h Luciano Eurides

Ataque do Guarani quer deslanchar contra o Nacional

O Guarani joga na tarde de sábado contra o Nacional da cidade de Nova Serrana. A equipe alvirrubra da cidade de Divinópolis tem apenas um gol marcado na disputa da Série D. Comandada por Gian Rodrigues, o Guarani ainda não venceu, toda confiança foi depositada no centro avante Cadu. A partida começa às 15h30min, ingressos a venda na Lugo Esportes, Galera dos Esportes e em Nova Serrana a preço de R$20,00. Arquibancada custa R$10,00.

 


Para chegar a primeira vitória o Guarani precisa marcar gol, a missão é dada ao centroavante Cadu, autor do único gol do time na Série D, feito contra o Aracruz, o homem de frente do Bugre está esbanjando alegria. “É sempre bom marcar gols, desde que cheguei eu mesmo cobrava, pois por onde passei sempre fiz gols, sempre ajudando a equipe e até então não tinha feito, é uma busca implacável a todo momento, seja nos treinos, ou nos jogos, todo atacante sabe que a partir do primeiro gol há uma tranquilidade a mais para estar atuando e comigo não é diferente. Temos de continuar trabalhando porque outras oportunidades vão aparecer e temos de estar preparados para isso, principalmente nesse jogo de sábado que é clássico”, comentou.

 

Elogiado pelo treinador não se deu ainda por satisfeito. “Primeiro temos de trabalhar e mostrar nos treinos, pois é esse dia a dia que vem a escalação, temos muitos atacantes de qualidade, a briga é muito boa e fica sempre saudável dentro do grupo”, contou ele que ainda sente dores nas costas proveniente de uma joelhada sofrida no treinamento. “Incomoda um pouco, estarei 100% até o dia do jogo, o que pode encaminhar nossa classificação dentro da série D”, considerou.

 

Uma partida importante, dentro de casa e contra o rival, momento de se consagrar e cair nas graças da torcida, ou não. Cadu sabe bem disso. “Eu comentava com os companheiros que esses jogos são fundamentais na carreira do atleta. Pode consagrar ou prejudicar, jogamos em casa, diante da torcida, não é a primeira partida e naquela muitos diziam que o Nacional iria atropelar o Guarani, não é bem assim, sabemos que clássico é decido nos detalhes, é quem errar menos, quem pensa mais rápido. Vimos o vídeo da partida anterior e o primeiro tempo tivemos um grande volume de jogo e grandes situações de gols, vamos nos concentrar porque sabemos que a equipe deles tem muita qualidade, fizeram um investimento muito alto. Aqui também tem qualidade. Espero uma partida mais técnica, ao contrário da primeira partida que foi de muita força. Creio que será um grande jogo”, declarou.

 

O treinado Gian Rodrigues confirmou a confiança depositada em Cadu. “Ele é um jogador que tem de ser respeitado, subiu o CRB e o Marinho, que todos conhecem a capacidade dele, estava no banco para Cadu. Ele jogou no São Caetano, Coritiba e times grandes no exterior. Tem minha confiança e do grupo”, disse.

 

 

ARBITRAGEM

 

Apita o clássico Cleisson Veloso Pereira, auxiliado por Ricardo Vieira Rodrigues e Wesley Moreira de Carvalho. O quarto arbitro é Emerson de Almeida Ferreira.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.