terça-feira, 3 de Maio de 2016 13:28h Agência Minas

Atletas atendidos por programas do Estado garantem vaga nos Jogos Rio 2016

Programas da Secretaria de Estado de Esportes ajudam atletas a se firmarem e disputarem grandes competições

A menos de 100 dias dos Jogos Olímpicos, atletas de várias modalidades já se preparam para desembarcar no Rio de Janeiro em agosto. Alguns dos esportistas mineiros – nascidos ou que treinam por aqui – que garantiram a participação nas Olimpíadas deste ano, são ou já foram atendidos por algum dos programas da Secretaria de Estado de Esportes (SEESP).

É o caso de Luciana Dionizio, goleira da seleção brasileira de futebol feminino. Antes de chegar aos gramados, era nas quadras que a mineira atuava. Em 2005, ela disputou os Jogos do Interior de Minas – atualmente, Jogos de Minas Gerais – pela cidade de Santa Luzia.

Luciana, que joga pelo Rio Preto Esporte Clube, de São José do Rio Preto (SP), destaca a importância da competição para a formação de novas jogadoras. “Os Jogos abrem as portas para muitas meninas. Várias atletas que hoje atuam em alto nível, já passaram pelo Jimi ou pelos Jogos de Minas Gerais”, contou.

Quem também já participou do evento foi Kehtleyn Quadros. Em 2012, na abertura da etapa estadual dos Jogos, em Juiz de Fora, a judoca do Minas Tênis Clube foi responsável pelo acendimento da pira olímpica. Em 2008, Kethleyn foi medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim e entrou para a história como a primeira mulher a ganhar uma medalha em esportes individuais para o Brasil em Olimpíadas.

 

 

 

“Este é o momento de apoiar e torcer pelos atletas que levam o nome de Minas Gerais para o Brasil e para o resto do mundo. A Secretaria de Estado de Esportes está empenhada em trazer para solo mineiro grandes competições internacionais e nacionais para que nossos atletas sejam vistos de perto pela população”, destaca o secretário de Estado de Esportes e coordenador do Núcleo de Articulação Minas 2016, Carlos Henrique.

“Também incentivamos a carreira dos esportistas por meio do Bolsa Atleta e Bolsa Técnico, por meio dos instrumentos de fomento técnico e de investimentos em infraestrutura como é o caso dos mais de R$ 40 milhões aplicados na construção do Centro de Treinamento Esportivo (CTE) da UFMG — um legado importante no processo de formação de atletas.”, afirma Carlos Henrique.

 

 

 

Revelação

Campeão dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) em 2007 e 2008 pelo Colégio Arnaldo, de Belo Horizonte, e dos Jogos Escolares da Juventude na categoria de 15 a 17 anos em 2008, representando Minas Gerais, o armador Raulzinho estreou neste ano na NBA, a liga americana de basquete, a mais importante da modalidade, pelo Utah Jazz. Filho do ex-jogador da seleção brasileira Raul Togni Filho, o atleta, de 23 anos, disputou os Jogos Olímpicos de Londres e é uma das esperanças do basquete brasileiro para os Jogos Rio 2016.

 

 

 

Bolsa Atleta

Dois judocas beneficiados pelo programa Bolsa Atleta da SEESP – ação pela qual esportistas com bons resultados recebem apoio financeiro da Secretaria para arcar com despesas relativas a treinamentos, viagens e participação em competições – também estão a caminho dos Jogos Rio 2016. O campeão mundial Luciano Corrêa e campeã pan-americana Érika Miranda, ambos do Minas Tênis Clube, garantiram vaga para os Jogos Olímpicos onde competirão nas categorias até 100 kg e meio leve, respectivamente.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.