quinta-feira, 10 de Abril de 2014 05:01h Atualizado em 10 de Abril de 2014 às 05:05h. Luciano Eurides

Atletas de Cristo vencem o Orabol 2014

A grande final da Orabol 2014 foi realizada na noite de terça-feira, no Ginásio Poliesportivo dr.

Fábio Botelho Notini e envolveu as equipes do Atletas de Cristo e Igreja Nossa Senhora do Carmo. O time do Atletas de Cristo venceu por 6 a 1 e sagrou-se campeão. Ainda teve o melhor goleiro da competição.
O time da Igreja Nossa Senhora do Carmo entrou em quadra com a finalidade de marcar, conseguiu até os seis minutos de partida quando perdeu um bom ataque, no contra golpe, Douglas Cachorrão fez 1 a 0. Ainda no primeiro tempo Messias ampliou para 2 a 0 e com apenas dez minutos de jogo Mimi fez o terceiro do Atletas de Cristo.
O time da Nossa Senhora do Carmo ainda tentava uma reação. Gabriel Laine em cobrança de falta fez o gol de honra da equipe. A equipe do Atletas de Cristo dominou e os gols foram saindo ao longo de todo o jogo. Diego Doidera fez o quarto gol e fechou o primeiro tempo.
Na segunda etapa, com a obrigação de sair para buscar o resultado e tentar evitar uma goleada, a Igreja Nossa Senhora do Carmo se viu acuada. Leonardo ainda fez o quinto gol e Felipe Remelexo o sexto para decretar o placar final. O time foi campeão com David, Messias, Choquito, Felipinho, Felipe Remelexo, Diego Doidera, Mimi, Cachorrão e Leonardo.
O atleta Diego Doidera falou da facilidade da partida e não escondeu a preferência pelo futebol de campo. “Pensamos em um jogo mais difícil mesmo porque na primeira fase teve aquela complicação, briga. O time soube jogar e saímos com a vitória e o título é nosso, agora em agosto tem a Max Shop onde ano passado perdi a final nos pênaltis e esse ano vamos entrar com a mesma equipe do Orabol e vamos buscar o título. Para falar a verdade eu sou muito mais na grama, mas aqui dá para brincar”, disse.
O jogador profissional, Douglas Cachorrão, relembrou os tempos de DTC e Copa Manejo. “Futsal é mais complicado, tem de se posicionar e girar bem e saber jogar o futsal. Joguei na infância com José Maria (Melo) e Mateus (Levi) e tive até a oportunidade de ir para o Minas (Tênis Clube) e acabei preferindo o futebol de campo, mas brincar assim é bom e fico feliz em ser campeão e valeu a pena sem dúvida”, garantiu.
O goleiro David teve a prometida conversa com o time que não ultrapassou o limite de faltas. “Falei com eles para parar um pouco com as faltas, mas hoje também foi mais fácil, soubemos envolver eles, se fizéssemos isso nas semifinais não teríamos passado o aperto que passamos, mas tudo é válido. Eu vim do futebol de campo, desde pequeno, salão estou aprendendo agora”, confessou ele que foi escolhido o melhor da Orabol 2014.
A Igreja Nossa Senhora do Carmo não conseguiu repetir os bons jogos da fase de classificação e semifinais. Gabriel Laine não encontrou explicação. “O que vínhamos fazendo nas quartas e semifinal não conseguimos apresentar nem a metade do que fizemos, entramos desligados e quando tentamos correr atrás já era tarde. Eles colocaram a gente na roda e não tem nem comparação, o time deles é excelente, parabenizar eles que merecem o título. A confusão na fase de classificação não influenciou, seria um jogo muito disputado, mas não influenciou”, declarou.
Ainda foram premiados Diego. da Assembleia de Deus Madureira. como melhor atleta da competição, David o melhor goleiro com apenas dez gols sofridos e Araketu artilheiro com 14 gols marcados.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.