terça-feira, 4 de Junho de 2013 06:30h Divulgação

Atlético empata sem gols

Em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético empatou sem gols com o São Paulo, neste domingo, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético empatou sem gols com o São Paulo, neste domingo, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Com o resultado, o Galo alcançou a marca de 50 jogos de invencibilidade como mandante. Na próxima rodada do Brasileirão, quarta-feira, às 21h, o adversário será o Vasco, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.


Principal razão apontada pelos jogadores para que a equipe não tivesse o mesmo desempenho dos jogos decisivos pela Libertadores e Campeonato Mineiro no empate sem gols diante do São Paulo, neste domingo, o desgaste físico também foi visto pelo técnico Cuca como um dos fatores que influenciaram de forma negativa o rendimento alvinegro na partida. 

“Jogamos na quinta-feira à noite, aquela loucura que foi, o desgaste emocional, depois do jogo você não dorme direito. E você não está jogando contra um João Ninguém, está medindo forças com equipes iguais à sua, com o agravante do pessoal estar um pouco mais descansado”, comentou o treinador. “Fizemos 30 jogos em quatro meses. Foi mais um jogo que o Rocha não aguentou, ele está debilitado, abaixo do peso. O seu substituto está lesionado e foi o que nos faltou no segundo tempo, o lado direito jogar”, acrescentou Cuca.


O técnico afirmou ter visto igualdade no confronto. “O primeiro tempo foi equilibrado, sem grandes oportunidades de ambos os lados, talvez uma para cada um. No segundo tempo, melhoramos, enfrentamos perigo em alguns cruzamentos, teve uma bola na trave que o Rogério desviou, mas o São Paulo fez uma boa marcação, compactando, do meio para trás, nove, dez jogadores. Mesmo assim, acho que poderíamos ter tido uma sorte melhor”, disse Cuca.


Com o empate sem gols o Atlético alcançou a marca de 50 jogos de invencibilidade como mandante, feito exaltado pelo goleiro Victor. “O desgaste influencia, mas não faltou luta, dedicação e empenho. Infelizmente, a vitória não veio, mas alcançamos essa marca importante de 50 jogos sem perder dentro de casa”, disse o arqueiro, herói da classificação do Galo para a semifinal da Libertadores.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.