quinta-feira, 6 de Setembro de 2012 08:51h Gazeta do Oeste

Atlético erra nas finalizações e empata com o Bahia

No domingo, contra o Palmeiras, retornos certos apenas de Junior César e de Ronaldinho ao time. Danilinho e Jô precisam ser liberados pelo departamento médico.

Apesar do alto número de desfalques, o Atlético teve boas condições de vencer o Bahia, nesta quarta-feira, no Pituaçu. No entanto, a pontaria não estava calibrada e as finalizações alvinegras não encontraram o gol de Marcelo Lomba. As duas equipes ficaram no 0 a 0.

 

 

O Galo agora soma 45 pontos na tabela e torce contra o Fluminense, que joga nesta quinta-feira, em casa, contra o Santos. Os cariocas estão com 44 pontos. Vale lembrar que há um jogo do primeiro turno a ser disputado pela equipe alvinegra, contra o Flamengo.

 

No domingo, contra o Palmeiras, retornos certos apenas de Junior César e de Ronaldinho ao time. Danilinho e Jô precisam ser liberados pelo departamento médico. Réver segue na Seleção Brasileira. Bernard está suspenso.

 

 

Primeiro tempo

 

Sem cinco titulares, o Atlético teve que se redescobrir taticamente em campo. Mas o esquema continuou o mesmo. Só que Bernard deixou a faixa esquerda, que geralmente ocupa, e foi deslocado para a direita. Escudero ocupou o lado oposto.

 

 

Nos primeiros minutos, o Bahia foi melhor. Aos 11 minutos, Souza fez boa tabela com Zé Roberto e finalizou. Mas Victor fez a defesa sem grandes problemas.

 

O Bahia ainda teve duas oportunidades durante a etapa inicial. Com Lulinha, em enfiada de bola de Souza. Depois, com chute longo de Hélder. Mas os donos da casa não mostraram grande poder de fogo.

 

 

Já o Atlético foi dono das duas melhores oportunidades. Aos 21 minutos, Guilherme cruzou, Leonardo ajeitou de cabeça e Bernard bateu de primeira, mas pelo alto. Aos 45, Richarlyson cruzou, Leonardo se antecipou e finalizou de primeira. A bola também foi para fora.

 


Segundo tempo

 

 

Atlético começa pressionando com cruzamentos, mas o Bahia que quase abriu o marcador no início da etapa final. A defesa alvinegra vacilou fez um recuo de bola ruim. Souza se aproveitou e cruzou para Helder. Mas o meia bateu para o alto.

 

Sem grande emoção no jogo, o técnico Cuca resolveu fazer uma alteração dupla aos 13 minutos. Neto Berola e Serginho foram acionados. Leandro Donizete e Leonardo saíram.

 

 

Aos 19 minutos, uma boa chance para o Galo. Bernard recebeu no canto esquerdo da área. De perna direita, ele bateu colocado, mas não acertou o gol. Pouco depois, uma boa jogada. Escudero ajeitou para Guilherme bater da entrada da área. Novamente, o chute não foi para a meta de Marcelo Lomba.

 

O camisa 10 teve outra chance aos 23 minutos. Ele foi recebeu um lançamento longo e teve a chance de bater na boa saída de Marcelo Lomba. O goleiro baiano conseguiu rebater.

 

 

O Galo continuava tendo chances, mas sem acertar o gol. Bernard cruzou, Guilherme ajeitou e Escudero bateu para fora, aos 29 minutos. No fim do jogo, aos 44 minutos, Serginho teve chance na área mas também finalizou longe da meta de Lomba.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.