quinta-feira, 11 de Outubro de 2012 09:52h Gazeta do Oeste

Atlético leva de três do Inter e vê Fluminense disparar na ponta

Ronaldinho Gaúcho não jogou. O Atlético desistiu de pedir o efeito suspensivo para o atleta, suspenso pelo STJD. O time sentiu a falta do armador.

Ronaldinho Gaúcho não jogou. O Atlético desistiu de pedir o efeito suspensivo para o atleta, suspenso pelo STJD. O time sentiu a falta do armador. Mas a falta de vibração da equipe para buscar a vitória também foi determinante. Apático, o Galo não resistiu ao Internacional e perdeu por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

A derrota deixou o Atlético ainda mais distante do líder Fluminense, que derrotou o Bahia, por 2 a 0, e abriu nove pontos, restando nove rodadas para o término do campeonato. O Galo ainda pode perder a vice-liderança nesta quinta-feira, caso o Grêmio vença o Sport, em Recife

 

Desfalcados e sem inspiração

 

Duas equipes desfiguradas em campo, cometendo erros seguidos e desperdiçando as poucas chances criadas no primeiro tempo. O Atlético, além de Ronaldinho Gaúcho, não teve o goleiro Victor (está na Seleção Brasileira), o zagueiro Réver (lesionado e suspenso), e os volantes Pierre e Leandro Donizete (ambos contundidos).

 

Já o Internacional não contou com os zagueiros Índio e Juan e o armador D'Alessandro (vetados pelo departamento médico), o zagueiro Rodrigo Moledo (suspenso), o volante Guiñazu e o atacante Forlán (estão defendendo as seleções da Argentina e do Uruguai, respectivamente) e o atacante Leandro Damião (está na Seleção Brasileira).

 

Sem muita inspiração, já que Escudero e Guilherme não conseguiram organizar as jogadas, o Atlético ainda teve chances. Aos cinco minutos, Serginho arrancou, invadiu a área, teve a chance de chutar, mas preferiu cruzar. A zaga colorada cortou. Aos 32 minutos, Escudero perdeu grande oportunidade. Livre, ele recebeu de Guilherme na área, driblou o goleiro, mas perdeu o ângulo e cruzou sem sucesso.

 

O Internacional, que também sentiu a ausência de tantos jogadores, mas mostrou-se com mais vontade, chegou com perigo em três lances. Aos 23 minutos, o goleiro Giovanni salvou o Atlético, depois da finalização de cabeça de Rafael Moura. Aos 29, foi a vez de Josimar chutar de fora da área e o arqueiro alvinegro defender. Já aos 42, Cassiano fez boa jogada pela direita e Giovanni saiu nos pés do atacante para evitar o gol.

 

Apatia sai caro

 

O Internacional superou as dificuldades e jogou para vencer o jogo. Depois de Giovanni fazer outra boa defesa, os gaúchos fizeram 1 a 0 aos 20 minutos, com Jackson, que deixou Leonardo Silva no chão e soltou a bomba.

 

O Colorado ainda mandou uma bola na trave, aos 28 minutos, com Cassiano, antes de ampliar aos 34. Fred recebeu na área, driblou Carlos César e bateu para as redes. O terceiro gol do Inter saiu aos 41 minutos, com Cassiano, de cabeça. A noite desastrosa do Atlético terminou com um pênalti perdido por Jô, aos 43 minutos.

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.