quarta-feira, 4 de Maio de 2011 11:02h Venilton Ferreira

Atlético-MG terá mudança no meio-campo para o primeiro jogo da decisão

Sem Renan Oliveira, suspenso, Dorival Júnior será obrigado a alterar o meio-campo contra o Cruzeiro.

Depois de acertar a formação do meio-campo do Atlético, o técnico Dorival Júnior será obrigado a mexer naquele setor para a primeira partida da final do Campeonato Mineiro, contra o Cruzeiro, domingo, às 16h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.


O meia Renan Oliveira terá de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, recebido na vitória sobre o América-BH, por 2 a 1, sábado passado pela segunda partida das semifinais do Estadual. O meia-atacante Mancini, que sofreu uma contratura na coxa direita no mesmo jogo, é dúvida para o clássico de domingo.


Dorival Júnior optou nos últimos jogos por escalar o meio-campo atleticano com os volantes Serginho e Fillipe Soutto e os meias Renan Oliveira e Giovanni Augusto. Mancini tem atuado como um meia avançado, mais próximo do atacante Magno Alves.


Para a vaga de Renan Oliveira, Dorival Júnior conta com os jovens meias Bernard e Cláudio Leleu e o experiente Daniel Carvalho, que se recuperou de cirurgia e tem ficado como opção de banco. Se preferir entrar com três volantes, Toró pode começar o clássico. Outra alternativa é escalar o segundo atacante (Neto Berola ou Ricardo Bueno) e recuar Mancini, caso este se recupere, para o meio-campo.

 


O volante Richarlyson, que seria uma opção para o meio-campo atleticano, está fora do clássico por causa de uma expulsão polêmica na vitória sobre o América. Com apenas 20 segundos do segundo tempo, o jogador recebeu o cartão vermelho. Ele havia acabado de entrar no jogo, uma vez que substituiu Renan Oliveira no intervalo.


Richarlyson deixou o campo negando ofensas ao árbitro Cleber Wellington Abade e insinuando uma possível perseguição. Porém, o juiz paulista relatou na súmula da partida que fora xingado pelo volante com um palavrão. “No primeiro minuto do segundo tempo expulsei com cartão vermelho direto o jogador de número 14 do Clube Atlético Mineiro, senhor Richarlyson Barbosa Felisbino, que após perder a bola na disputa com o adversário correu em minha direção e disse-me ‘já vai começar seu f.d.p’”, relatou o árbitro.

 


O zagueiro Leonardo Silva, que cumpriu suspensão contra o América, retorna ao time contra o Cruzeiro. Ele deve reassumir seu lugar na zaga ao lado do capitão Réver, enquanto Werley, que o substituiu no sábado passado, volta a ser opção de banco.


Depois de dois dias de folga, o elenco atleticano volta a treinar na manhã desta terça-feira. Haverá atividades em dois períodos na Cidade do Galo.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.