sábado, 16 de Junho de 2012 10:19h Luciano Eurides

Atlético se motiva para encarar o São Paulo

O Atlético Mineiro entra em campo domingo, às 16h onde vai encarar o São Paulo. O time paulista está motivado pela classificação na Copa do Brasil. Para o Galo a motivação vem da forte mídia após a chegada de Ronaldinho Gaúcho. O atacante afirma que vem se adaptando muito bem aos novos companheiros.

 


O jogador destaca a motivação do grupo alvinegro no sentido de levar o Atlético ao título do Campeonato Brasileiro. “Foi muito bom começar com vitória. Tive poucos dias de treino com o grupo, mas todos estão procurando me ajudar e isso tem sido importante. Devido a tudo isso, a adaptação tem sido boa. Então, esses primeiros dias aqui estão sendo de muita alegria para mim”, afirmou. “O grupo quer muito vencer e sabe da importância que teria esse título para o Clube. Todos que fazem parte desse grupo querem entrar para a história do Clube, então, está todo mundo muito motivado”, acrescentou Ronaldinho, que destacou o bom início de competição do Galo. “Sei da importância de arrancar bem no Campeonato Brasileiro e a gente já deu esse primeiro passo. Se a gente fizer um bom primeiro turno, chega com mais tranquilidade no segundo turno. Vejo o grupo muito motivado e muito a fim de fazer história nesse Clube”, concluiu o atleta.

 


O técnico Cuca comandou, na Cidade do Galo, o primeiro coletivo da semana na tarde de quinta-feira, e uma das dúvidas da equipe começou a se dissipar. Mesmo com André recuperado da lesão no tornozelo, quem treinou entre os titulares foi Jô, autor dos dois últimos gols do Galo no Brasileirão, contra Bahia e Palmeiras. No treino coletivo, pelo menos na parte liberada para a imprensa acompanhar, o centroavante fez o único gol após receber passe de Ronaldinho Gaúcho.

 


Jô comentou sobre a possibilidade de começar jogando e a confiança adquirida, mas alertou que André é um grande jogador, e que a tão falada “dor de cabeça boa” fica com Cuca. “Desde o primeiro jogo me senti bem à vontade e tive a felicidade de marcar. Mas não tem nada garantido, o André é um grande jogador e estamos numa briga sadia. Estamos dando uma dor de cabeça boa para o Cuca”.

 


Quem também saiu da frente por uma vaga foi o lateral-direito Carlos César, que ficou com o lugar de Marcos Rocha, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. No meio, apesar de Leandro Donizete já estar recuperado desde a última rodada, ele continua de fora, já que Richarlyson foi deslocado para o setor.
O time titular foi composto por Giovanni; Carlos César, Rafael Marques, Réver e Junior Cesar; Pierre, Richarlyson, Danilinho, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; e Jô.

 

SÃO PAULO

 


O São Paulo ficou mais perto da classificação para a final da Copa do Brasil após vencer o Coritiba por 1 a 0, quinta-feira, no Estádio do Morumbi, mas a equipe não esquece o Campeonato Brasileiro. Após o importante triunfo, o técnico Emerson Leão adiantou que não pretende poupar os titulares no jogo contra o Atlético, domingo, também no Morumbi, pela quinta rodada do torneio nacional.

 


Para o duelo, o São Paulo só não vai contar com o volante Denilson, que cumprirá suspensão automática. "Tiro do treino, mas não tiro do jogo. Precisamos ganhar e o Atlético está em lua de mel, temos de estragar isso. A única maneira é tê-los todos dentro de campo", disse Leão.

 


Após quatro rodadas, o São Paulo está em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro, com seis pontos, quatro a menos do que o adversário de domingo, que é o vice-líder. Por isso, o time não pode tropeçar em casa, ou ficará muito distante do Atlético e da luta pelo título.

 


Depois, o time voltará a se concentrar na Copa do Brasil, já que na próxima quarta-feira vai enfrentar o Coritiba no Estádio Couto Pereira. Para o atacante Luis Fabiano, o time conseguiu uma vantagem fundamental no primeiro duelo ao vencer por 1 a 0. "Ótimo resultado, até porque não sofrer gol em casa é fundamental. Ganhamos por 1 a 0 e agora é ir para Curitiba e jogar de igual para igual. Não adianta defender o resultado, tem de buscar o gol na casa do adversário também", comentou.

 


A opinião foi compartilhada pelo goleiro Denis, otimista com a possibilidade do São Paulo avançar para a decisão da Copa do Brasil. "Não é uma vantagem muito grande, mas fizemos o nosso papel em casa de não sofrer gols. Agora temos de focar no jogo de lá. Sabemos que não será fácil, mas o fato de não sofrer gols no Morumbi poderá nos ajudar muito", afirmou.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.