sexta-feira, 9 de Setembro de 2011 12:56h Luciano Eurides

Atlético se prepara para o jogo da sua vida

Depois de perder frente o São Paulo, o Galo junta os cacos para encarar o Bahia, adversário direto para a saída da zona de rebaixamento. O elenco atleticano se reapresentou na tarde de quinta-feira, na Cidade do Galo, onde iniciou a preparação para o jogo de seis pontos, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será realizada às 18h do próximo domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.


Os jogadores que iniciaram a última partida fizeram trabalho físico no campo e os demais participaram de um coletivo contra a equipe juvenil.O time treinou com Giovanni; Caio, Lima, Werley e Triguinho; Eron, Gilberto, Dudu Cearense e Wesley; Jonatas Obina e Magno Alves.


O atacante André segue em tratamento de uma entorse no tornozelo esquerdo, causada por uma pancada recebida no jogo contra o São Paulo. O jogador é dúvida para a partida contra o Bahia.Essa não é a primeira vez que André se queixa de dores no tornozelo esquerdo. Na partida contra o Coritiba, pela 16ª rodada da competição nacional, o centroavante deixou o campo lesionado, reclamando do mesmo problema. Com isso, o jogador desfalcou a equipe no duelo com o Corinthians, pela 17ª rodada.


Para a posição de André, o técnico Cuca tem poucas opções. O treinador poderá colocar apenas Jônatas Obina ou Magno Alves, já que o atacante Guilherme cumprirá suspensão e Marquinhos Cambalhota ainda faz um trabalho de reforço muscular.
 

Alguns jogadores do Galo aprovam a exibição no confronto desta quarta-feira, diante do São Paulo, o que é o caso de Serginho. Ele analisou o confronto disputado no estádio do Morumbi e exaltou a atuação da equipe mineira. Para o volante, o São Paulo conseguiu o resultado nos detalhes. “Vínhamos fazendo boas partidas, mas acabamos sofrendo um gol ali, no início do jogo. Logo em seguida, nós já reagimos e conseguimos empatar a partida. Valeu a raça e a determinação da equipe. Viemos para um jogo, o qual sabíamos que seria difícil. Jogamos fechadinho para sair no contra-ataque, mas, infelizmente, o Dagoberto acertou um belo chute”, comentou o volante do Alvinegro.


Réver discorda do companheiro Serginho. Para o zagueiro, o Atlético teve apenas alguns momentos e não soube aproveitá-los. Além disso, o defensor classificou a apresentação do Galo como desorganizada. “Nós tivemos momentos bons na partida. Infelizmente, não conseguimos fazer o que pretendíamos com o São Paulo. Agora, é esquecer esse jogo e pensar na equipe do Bahia para que possamos recuperar esses pontos. Não adianta ir para cima de forma desorganizada e deixarmos a equipe do São Paulo trabalhar a bola, até porque eles têm um bom time. Tivemos algumas oportunidades, mas acabamos pecando e saindo com a derrota”, analisou o zagueiro.
 

Nesta sexta-feira, o treino será às 15h30.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.