terça-feira, 23 de Junho de 2015 10:07h

Atlético tem chance de encontrar a regularidade dentro do Brasileirão

Depois de dois resultados ruins no Independência – derrota para o Cruzeiro e empate contra o Santos – o Atlético se reabilitou em grande estilo neste domingo, ao bater o Flamengo por 2 a 0, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro

Além de enaltecer a atuação madura do time, que deu poucas chances aos cariocas, o técnico Levir Culpi também destacou a importância de a vitória ter vindo justamente diante de um rival tão tradicional. “Foi um momento especial, porque existe uma rivalidade histórica de Flamengo e Atlético. O Flamengo normalmente levava vantagem e nos últimos tempos revertemos. Futebol é isso, paixão. Neste aspecto [psicológico], ponto positivo. O time tinha que ganhar e foi o momento de vencer psicologicamente. Apesar de não lidar com isso, trabalho com isso [emocional] e tenho certeza que a vitória vai dar uma levantada”, disse o atleticano.
Com o resultado, o Galo voltou a ocupar – pelo menos até o encerramento da rodada – um lugar no G-4. Ainda assim, Levir mantém os pés no chão e diz que o time precisa evoluir muito ao longo da competição. “Sabemos como as coisas funcionam, muda rápido de um jogo para outro, mas estamos bem. Tenho mais de um ano como técnico e claro que temos uma estrutura melhor que da maioria, com jogadores de qualidade. Mas não temos estrutura de tranquilidade para segurar o ano jogando bem, perdemos uma, empatamos outra e temos que administrar tudo. Acho muito pouca a estabilidade que nosso time demonstra em algumas situações. Podemos melhorar. Mas não me sinto inferior a ninguém no campeonato”, enfatizou.
Após a vitória no Maracanã, os jogadores do Atlético desembarcaram em Belo Horizonte na manhã deste domingo. Eles voltam aos treinos hoje, quando iniciam a preparação para a partida do próximo fim de semana, contra o Joinville, no Mineirão.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.