terça-feira, 5 de Julho de 2016 14:28h

Atlético transforma expulsão de Fred em ponderação para o empate fora de casa

Sobretudo, aquilo que te fez mal

Os jogadores do Atlético preferiram valorizar o ponto conquistado em Florianópolis, no empate por 1 a 1 diante do Figueirense, a lamentar a oportunidade desperdiçada de colar definitivamente no G4 do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o alvinegro com 20 pontos, dois a menos que Santos, primeiro time na zona de classificação para a Libertadores.

Para o lateral-esquerdo Douglas Santos, o empate ficou de bom tamanho, já que o Galo perdeu Fred, expulso, e teve muitos outros jogadores amarelados. “Não veio a vitória mas a gente somou um ponto, né? Infelizmente tivemos um expulso, muitos cartões amarelos e a gente se preservou muito para não tomar outros vermelhos. Mas agora é ir para casa e descansar porque temos uma semana para trabalhar”, analisou.

 

 

Já o goleiro Victor, lembrou que o Figueirense sempre impõe dificuldades aos adversários quando atua em seus domínios. “É difícil jogar aqui, eles tentam pressionar. Para mim a arbitragem foi exagerada na expulsão do Fred, isso acabou prejudicando. Mas fora de casa, no dia que você não consegue ganhar e soma um ponto, acho que é um ponto que a gente soma hoje e vai nos ajudar lá na frente”, disse o camisa 1.

O volante Júnior Urso, por sua vez, admite que as duas equipes foram com muita ‘sede ao pote’, o que tornou o jogo mais pegado que o normal. “A gente queria nos aproximar do topo da tabela e eles sair de uma situação imprópria, então, acho que isso atrapalhou um pouco. Foi um jogo aguerrido, com mais faltas e o árbitro também deu muitos cartões. Então, foi um jogo muito truncado”, ponderou o jogador. 

Fred, que depois foi expulso, foi o autor do primeiro gol da partida. Ele abriu o placar para o Atlético logo aos 7 minutos de jogo. O Figueirense buscou o empate com gol de Ermel aos 7 minutos do segundo tempo. Com o tropeço, o Atlético chegou aos 20 pontos e ocupa agora a 9ª colocação da tabela.

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.