sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2014 05:55h

Autuori recebe apoio de torcedores do Galo

O jogo contra o Santa Fé foi o quinto do Atlético no estádio Independência nesta temporada e, pela primeira vez, a torcida alvinegra não vaiou o técnico Paulo Autuori.

O treinador, inclusive, teve o nome gritado por parte dos torcedores antes do começo da partida.

Autuori, que não se incomoda com as críticas, elogiou o apoio dos atleticanos ao time. “Uma coisa que eu falo, não faço média, tenho horror a isso, mas tenho reconhecimento, e a torcida foi extremamente inteligente. Sentiu que era um adversário de qualidade e apoiou a equipe do início ao fim, não se impacientou. Para a equipe, foi importante. A coisa mais bonita do futebol são os dois protagonistas do espetáculo, jogadores e torcedores”, disse o treinador.

Com menos de um mês de trabalho, Autuori já comandou o time em nove partidas, sendo duas (contra Tupi e URT) disputadas com o time misto. No total, a equipe tem cinco vitórias, duas derrotas e dois empates. No entendimento do comandante, o rendimento vai melhorar gradativamente com a sequência das partidas.  “Eu considero que a equipe está crescendo. As pessoas se esquecem que vamos completar contra o Villa Nova, em Nova Lima, quase 30 dias de trabalho e é o décimo jogo. É só fazer as contas. Em um período que você não tem pré-temporada é impossível querer chegar logo de cara e fazer as coisas bem feitas. Fez porque tem um grupo pronto”, ponderou o treinador.

O Atlético encara o Villa neste sábado no Alçapão do Bonfim, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Pela Libertadores o time volta a campo somente no dia 12 de março, contra o Nacional-PAR, no Paraguai.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.